Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Sidney Magal revela ser bissexual ‘apesar de nunca ter experimentado’

Músico foi o convidado da semana no programa Roda Viva e afirmou que ‘o mundo é bissexual’

sidney magal roda viva.jpeg

Sidney Magal no programa ‘Roda Viva’ de 15 de janeiro de 2024

Reprodução | TV Cultura

O cantor Sidney Magal foi o convidado do programa Roda Viva, da TV Cultura, nessa segunda-feira (15). Participando da atração pela primeira vez, o músico deu detalhes sobre a vida fora dos palcos, incluindo a revelação de que se identifica como bissexual.

Durante a participação no programa, Magal afirmou que “todo ser humano é bissexual”, mas não havia se alongado no assunto. O artista foi questionado sobre a própria sexualidade pelo jornalista Rodrigo Ortega, editor de cultura do Estadão, que compunha a bancada de entrevistadores.

Casado há mais de 40 anos com Magali West, com quem está desde 1980, o cantor disse nunca ter experienciado com uma pessoa do mesmo sexo. “Eu me dou o direito de dizer que eu sou, apesar de nunca ter experimentado nenhuma experiência bissexual”, destacou.

O fato de você entender que você é um ser humano, que você tem desejos, que você se emociona com pessoas e que você tem o direito - se você tiver uma vida que não vá ofender ninguém - de se direcionar para esse prazer que você quer ter. Esse prazer pode ser com pessoas do mesmo sexo, ou não.

O artista ainda relembrou quando sentiu “esse desejo” de estar com um homem. “Antes até de eu ser conhecido como Sidney Magal, eu tive um amigo argentino, bailarino da TV Globo e ele era uma pessoa tão cativante, tão emocionante, que eu comecei a duvidar da minha sexualidade. Conversamos muito como isso e ele falou para mim: ‘se você estiver livre, a vontade, conte comigo’”, contou no programa.

Magal seguiu a revelação ao afirmar que, depois dele, não se sentiu atraído por outra pessoa do mesmo sexo. “Depois acabou, passou e nunca mais aconteceu. Eu vi ali, naquele momento, que as pessoas tem esse direito. Mas, quando são sentimentos verdadeiros, e quando a pessoa não vai se machucar nem machucar terceiros”, completou.

Encerrando a resposta, o músico ainda retornou à fala de que todos são bissexuais. “Não gosto da vulgaridade (...) Acho que tudo tem um momento íntimo que é muito prazeroso. Por isso que eu falei, todo ser humano é bissexual. Você tem o direito, se você fez ou não fez é outra história”, encerrou Magal.

Maria Clara Lacerda é jornalista formada pela PUC Minas e apaixonada por contar histórias. Na Rádio de Minas desde 2021, é repórter de entretenimento, com foco em cultura pop e gastronomia.


Leia mais