Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

‘Eu era fã', escreve mãe de influenciadora Sofia Valim que morreu após transplante de fígado

A morte da jovem de 19 anos foi anunciada nesse sábado (9); Sofia era filha mais velha de Vitor Valim, prefeito de Caucaia, no Ceará

maria sofia valim.png

Sofia Valim, influenciadora digital, morreu aos 19 anos

Reprodução | Redes sociais

A empresária Gaída Dias usou as redes sociais para lamentar a morte da filha, a jovem Maria Sofia Valim, que faleceu nesse sábado (9), aos 19 anos, após sofrer complicações de uma cirurgia de transplante de fígado.

“Se Deus quis assim, mesmo com toda tristeza, aceito e obedeço à Sua vontade. Sentirei muita saudade da minha menina, companheira e bagunceira. Eu era fã dela”, escreveu. Maria Sofia era filha mais velha de Vitor Valim, prefeito de Caucaia, no Ceará.

450 mil seguidores

Sofia começou a atuar como influenciadora digital durante a pandemia. Ela acumulava mais de 450 mil seguidores no TikTok e quase 83 mil seguidores no Instagram, onde compartilhava parte da rotina de estudante de direito, além da paixão por moda e viagens.

Entre os lugares visitados pela jovem, estavam a cidade de Miami, no estado norte-americano da Flórida; Florença, Milão e Veneza, na Itália; México; Mônaco; Lisboa, em Portugal; Fernando de Noronha e Rio de Janeiro.

Sua presença em shows era comumente publicado em suas redes sociais. Em 25 de novembro, Sofia esteve no show de Taylor Swift, no estádio Allianz Parque, em São Paulo.

Anúncio da morte

A morte da jovem de 19 anos foi anunciada nesse sábado (9) por meio das redes sociais do pai. "É com a mais profunda dor e tristeza que comunico a todos o falecimento de minha tão amada filha Sofia. Infelizmente, seu organismo não resistiu. Agradeço a todos pelas orações e carinho dedicados a mim e à minha família nesse momento de extremo sofrimento”, publicou o político

No início da semana, o prefeito de Caucaia disse que Sofia estava “passando por uma situação grave de saúde” e precisaria passar por um transplante. A jovem conseguiu um doador com rapidez devido à urgência do caso e foi submetida à cirurgia na quinta-feira (7).

Conforme informado por Vitor Valim, as 48 horas após o transplante ainda seriam de observação para saber se haveria rejeição do órgão. Já no início da tarde, o político comunicou a morte da filha, afirmando que o “organismo não resistiu” ao transplante.

A causa da morte de Sofia Valim, assim como o problema de saúde que levou ao transplante de fígado, não foram divulgados pela família da jovem.

A Rádio de Minas. Tudo sobre o futebol mineiro, política, economia e informações de todo o Estado. A Itatiaia dá notícia de tudo.
Leia mais