Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Eleição em BH: Fuad aposta em disputa pulverizada e vê alianças apenas para o segundo turno

Prefeito Fuad Noman avaliou cenário da

Pré-candidato do PSD à reeleição em Belo Horizonte, o prefeito Fuad Noman avalia que a disputa na capital mineira em 2024 será pulverizada e que as alianças mais sinificativas podem ficar para um eventual segundo turno.

Em entrevista para a Itatiaia, Fuad analisou o cenário da eleição faltando menos de seis meses para a disputa e afirmou que espera contar com apoio de outras legendas que ainda não se lançaram na disputa.

“Nós vamos ter, de fato, uma eleição muito pulverizada. Hoje já existem os candidatos da direita e da esquerda, e o candidato de centro, que não está ligado a essas ideologias. Pretendo fazer uma campanha bastante limpa, buscando apoio de todo mundo. Essa frente ampla vai se dar e quem estiver apoiando BH vai ter meu apoio. Entendo que a esquerda se posicionou, a direita se posicionou e o centro está se posicionando”, afirmou Fuad.

Na semana passada, o prefeito recebeu o apoio do União Brasil, partido que é cotado para compor a chapa de Fuad e indicar um nome para se candidatar a vice-prefeito. O prefeito, no entanto, diz que as conversas sobre a composição da chapa ainda estão em fase inicial.

“Está cedo para discutir a questão do vice. Já fizemos um acordo com o União Brasil, um partido importante, e estamos conversando com outros partidos. Nós esperamos fazer uma composição que reforce a governança de BH. Gostaria de ter um vice ou uma vice que gostasse de trabalhar por BH. Eu, quando fui vice do Kalil, trabalhava harmonicamente com o prefeito. Temos perfis diferentes e nos completávamos. Então quero alguém com um perfil que me complete também, seja com um perfil mais do legislativo, seja uma pessoa de relevância em comunidades mais necessitadas que também será importante. Ou seja, temos um quadro aberto e vamos conversar”, avaliou Fuad.

Leia também


Participe dos canais da Itatiaia:

Jornalista graduado pela PUC Minas; atua como apresentador, repórter e produtor na Rádio Itatiaia em Belo Horizonte desde 2019; repórter setorista da Câmara Municipal de Belo Horizonte.
Editor de Política. Formado em Comunicação Social pela PUC Minas e em História pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Já escreveu para os jornais Estado de Minas, O Tempo e Folha de S. Paulo.
Leia mais