Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Ministério assina contrato para avaliar expansão do transporte em Furnas, e MG propõe concessão

Ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, assinou acordo para Eletrobras realizar estudo de implementação das balsas em Furnas

A expansão do transporte de passageiros e embarcações nos reservatórios de Furnas e Mascarenhas de Moraes, na região Sul de Minas Gerais, é alvo de um contrato assinado pelo Ministério de Minas e Energia, nesta quinta-feira (19), em Brasília. O ministro Alexandre Silveira acordou com a Eletrobrás a produção de uma análise sobre a viabilidade técnica e ambiental de um modelo de ampliação dos serviços de travessia.

Inicialmente, a avaliação será entregue à pasta em maio do próximo ano. Em paralelo, no início deste mês, o Governo de Minas Gerais incluiu o projeto de implantação do transporte de passageiros e veículos na Política de Concessões e Parcerias Público-Privadas (PPP). O Estado não respondeu se há diálogo com o ministério para essas tratativas.

Após a assinatura do contrato com a Eletrobrás, o ministro Alexandre Silveira criticou a proposta da gestão do governador Romeu Zema (Novo) e indicou que as conversas com Minas Gerais serão feitas diretamente pela antiga estatal. “Agora a Eletrobrás dialogará com o governo do Estado, que está ali próximo, para avaliar como será a implementação, se através de uma PPP ou não. O governo diz que é o melhor caminho. Tenho minhas críticas”, declarou. “Não importa como vai ser feito, o que importa é que as balsas sejam implementadas o mais rápido possível”, pontuou.

Crítico às privatizações, Silveira afirmou que a Eletrobrás chegou a retirar a manutenção e a operação das balsas de seu plano de investimentos, o que não ocorreu após intervenção do ministério. “No começo do ano, a Eletrobrás, já privatizada, informou que retiraria as 22 balsas de Furnas. Eu reagi de forma contundente com o apoio do presidente [do Congresso Nacional] Rodrigo Pacheco e, hoje, assinamos um estudo para proporcionar novas possibilidades à região”, concluiu.

Repórter de política em Brasília. Na Itatiaia desde 2021, foi chefe de reportagem do portal e produziu série especial sobre alimentação escolar financiada pela Jeduca. Antes, repórter de Cidades em O Tempo. Formada em jornalismo pela Universidade Federal de Minas Gerais.
Leia mais