Ouça a rádio

Compartilhe

Prorrogação da concessão da MRS será assinada nesta sexta-feira em Juiz de Fora

Novo contrato prevê investimentos de R$ 11 bilhões e R$ 230 milhões reservados para linha 2 no metrô de BH 

Plano de ampliação de ferrovias foi apontado como prioridade da pasta de Infraestrutura

O Ministério da Infraestrutura assinará nesta sexta-feira (29), em cerimônia em Juiz de Fora, a prorrogação antecipada do contrato com a MRS Logística, operadora responsável por 1,8 mil quilômetros de trilhos na região Sudeste. 

O contrato de concessão da MRS se encerraria em 2026, mas o acordo para a antecipação foi negociado para que a empresa aumentasse os investimentos na malha ferroviária. 

“A renovação de contratos já existentes é um dos tripés de nosso plano de investimentos no modal ferroviário. Tínhamos concessões ferroviárias que estavam se encerrando nos próximos quatro ou cinco anos. Entendemos que precisávamos antecipar os investimentos nessas malhas. Hoje temos ferrovias de ponta, modernas, mas quando chegam próxima aos portos, principalmente na região sudeste, essa malha ainda tem muitos trechos com geometria da época do Império. Precisamos aumentar a capacidade dessas ferrovias”, explicou o ministro da Infraestrutura, Marcelo Sampaio, em entrevista exclusiva para a Itatiaia. 

Com a prorrogação do contrato, a concessionária terá que fazer investimentos na ordem de R$ 31 bilhões pelos próximos 30 anos como contrapartida para usar o trecho ferroviário. 

“Estamos falando de um investimento na ordem de R$ 31 bilhões nos próximos 30 anos. Sendo um investimento de R$ 11 bilhões em obras. Isso vai gerar desenvolvimento e empregos. A MRS transporta minério e grãos. Até 2026 o setor ferroviário será 30% de nossa matriz de transporte, hoje gira em torno de 10%”, afirma Sampaio. 

A concessão da MRS foi assinada pela primeira vez em 1996. A malha tem 1.643 quilômetros de extensão e passa por Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro, ligando os portos de Santos, Itaguaí, Guaíba e Rio de Janeiro.


Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store