Ouça a rádio

Compartilhe

Kalil rebate crítica de Zema e diz que investiu mais que o governador

Em Barbacena, ex-prefeito de Belo Horizonte lembrou obras contra as cheias na região de Vilarinho, em Venda Nova

Kalil esteve em Barbacena e respondeu a críticas de Romeu Zema durante entrevista para rádio

O ex-prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), que é pré-candidato ao Governo de Minas, rebateu as declarações do governador Romeu Zema (Novo), durante uma entrevista, nesta segunda-feira (27), a uma rádio de Barbacena, na região do Campo das Vertentes.

Kalil disse que Zema estaria "em passeio" a São Paulo, onde deu uma entrevista à Jovem Pan na tarde de hoje, e disse que os problemas de Belo Horizonte permanecem, como o das enchentes e da área da saúde.

"Eu estava vendo uma entrevista do nosso governador, que deve estar em passeio lá em São Paulo, dizendo que Belo Horizonte não houve investimento em contenção de chuvas. Só quero lembrar ao povo de Barbacena que só o investimento na bacia do Vilarinho, em Venda Nova, um bairro de 400 mil habitantes, foi maior do que ele investiu no Estado inteiro", afirmou. "Não adianta marqueteiro vir falar mentira não", completou.

A obra a qual se refere o ex-prefeito de Belo Horizonte é o de contenção das cheias na região de Venda Nova, que inclui a construção de dois reservatórios para impedir as cheias de córregos que cortam a região. As obras começaram no ano passado e o investimento estimado em contrato publicado no Diário Oficial do Município era de R$ 124,6 milhões.

Kalil também rebateu outra declaração de Zema, que disse o Atlético só melhorou com a saída do ex-dirigente do cargo.

"Ele tem que parar de falar de Atlético. O Mineirão fica ali na avenida Abrahão Caram, pegando a Antônio Carlos e virando a esquerda. Ele nunca botou a bundinha no Mineirão. Então, de Atlético ele não pode falar não, porque eu peguei um clube que tinha 40 anos que não ganhava nada".

Zema ataca Kalil

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), atacou o seu adversário nas eleições para o Palácio Tiradentes, o ex-prefeito Alexandre Kalil (PSD). Em entrevista na Jovem Pan nesta segunda-feira (27), Zema disse que os problemas não se resolvem com 'gritaria e agressão' e que os problemas de Belo Horizonte permanecem.

“Se gritaria e agressão resolvesse ele teria sido o melhor prefeito da história de Belo Horizonte. Não fez nenhuma obra, os problemas das enchentes permanecem, os problemas da saúde permanecem. E isso em uma capital que tem dinheiro em caixa, que é rica. A proposta dele é me atacar. Mas eu não estou nem aí", declarou.

O governador de Minas Gerais disse, ainda, que depois que ele saiu, 'o Atlético só melhorou'. Kalil foi presidente do clube entre os anos de 2008 e 2014 e esteve à frente do Galo nas conquistas da Copa Libertadores de 2013 e da Copa do Brasil de 2014. Recentemente, quem citou a relação entre Kalil e o Galo foi o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), aliado do ex-dirigente: "Vai fazer com Minas o que fez com o Atlético", disse em um evento em Uberlândia há cerca de 15 dias.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store