Ouça a rádio

Compartilhe

Petrobras nomeia Fernando Borges como presidente interino 

Conselho deve se reunir nas próximas semanas para avaliar nome indicado pelo governo federal, Caio Paes de Andrade 

Petrobras

A Petrobras informou na manhã desta segunda-feira (20), que o diretor de Exploração e Produção da Petrobras, Fernando Borges, ficará como presidente interino da estatal após a saída de José Mauro Coelho do cargo nesta manhã, após pressões de parte do governo e dos seus aliados.

Borges é engenheiro civil formado pela Universidade Federal de Uberlândia, com MBA Executivo pela Coppead/UFJR e especialização em Gestão Avançada pelo Insead, da França.

Agora, o Conselho de Administração da empresa terá que se reunir para nomear o indicado do governo, Caio Paes de Andrade, como membro do Conselho para que ele possa assumir a presidência e promover mudanças na diretoria, como quer o presidente Jair Bolsonaro.

Demissão

A Petrobras informou na manhã desta segunda-feira (20), por meio de comunicado ao mercado, que José Mauro Coelho pediu demissão do cargo de presidente da estatal.

Mauro Coelho se tornou o principal alvo das críticas de lideranças políticas após o reajuste dos combustíveis anunciado na última sexta-feira (17).

O presidente Jair Bolsonaro (PL) e os presidentes das duas casas do Congresso, deputado Arthur Lira (PP) e senador Rodrigo Pacheco (PSD), fizeram duras críticas ao aumento dos combustíveis anunciado pela estatal.


Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido