Ouça a rádio

Compartilhe

Presidente do Senado critica reajuste da Petrobras e ação do Governo Federal

Rodrigo Pacheco (PSD-MG) afirmou que não existem diferenças entre a estatal e a União

Presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG) relacionou a alta dos combustíveis ao Governo Federal

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), fez críticas ao Governo Federal e à Petrobras depois do anúncio de um novo reajuste nos preços do diesel e da gasolina, que passou a valer neste sábado (18).

Diferente de Jair Bolsonaro, que atribuiu a responsabilidade da alta dos preços dos combustíveis à Petrobras, Pacheco associou o problema à União.

“Se a situação dos preços dos combustíveis está saindo do controle, o governo deve aceitar dividir os enormes lucros da Petrobras com a população, por meio de uma conta de estabilização de preços em momentos de crise. Afinal, é inexistente a dicotomia Petrobras e governo, pois a União é a acionista majoritária da estatal e sua diretoria indicada pelo governo. Além disso, medidas semelhantes estão sendo adotadas por outros países em favor de sua economia e de sua população”, afirmou Pacheco em nota.

“O Senado aprovou inúmeras matérias legislativas que estavam ao seu alcance e agora espera medidas rápidas e efetivas por parte da Petrobras e de sua controladora, a União. Já que o governo é contra discutir a política de preços da empresa e interferir na sua governança, a conta de estabilização é uma alternativa a ser considerada", completou.

A medida citada pelo senador mineiro é um projeto de lei aprovado pelo Senado, que acabou engavetado na Câmara dos Deputados. O projeto prevê a criação de uma conta de estabilização, através da qual os recursos amenizariam o impacto das mudanças nos valores dos combustíveis.

Críticos da gestão atual da Petrobras, o chefe do executivo e Arthur Lira (PP-AL), presidente da Câmara dos Deputados, são contrários à proposta.

(Sob supervisão de Leticia Fontes)

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido