Ouça a rádio

Compartilhe

Bolsonaro rebate ambientalistas em discurso na Cúpula das Américas

Presidente afirma que expansão do agronegócio no Brasil não depende de desmatamento na Amazônia

Presidente discursou nesta sexta-feira na Cúpula das Américas

O meio ambiente foi o principal tema do discurso do presidente Jair Bolsonaro (PL) na Cúpula das Américas. Criticado por ambientalistas, que cobram ações mais efetivas do governo na proteção da região Amazônica, Bolsonaro afirmou que a questão ambiental avançou em sua gestão. 

“O Brasil alimenta hoje 1 bilhão de pessoas. Garantimos a segurança alimentar de um sexto da população mundial. Sem nosso agronegócio, parte do mundo passaria fome. Somos um dos países que mais preserva o meio ambiente e suas florestas, temos a matriz energética mais limpa e diversificada do mundo”, afirmou Bolsonaro. 

O presidente afirmou que o Brasil não precisa desmatar a região amazônica para expandir o agronegócio. “Mesmo preservando 66% de nossa vegetação nativa e usando apenas 27% do nosso território para pecuária e agricultura, somos uma potência agrícola sustentável. Não necessitamos da região amazônica para expandir nosso agronegócio. Somente no bioma amazônico 84% da floresta está intacta. Abrigando a maior biodiversidade do planeta”, discursou. 

Ao falar para outros chefes de Estado do continente, Bolsonaro afirmou também que as Forças Armadas e a Polícia Federal estão fazendo um grande esforço para encontrar o indigenista Bruno Pereira e o jornalista britânico Dom Phillips, que estão desaparecidos desde domingo na região do Vale do Javari.


Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido