Ouça a rádio

Compartilhe

Bolsonaro critica Moraes e defende o PCO: 'Deixa a página deles aberta, pô'

Presidente defende que sigla da extrema esquerda possa criticar ministros do Supremo Tribunal Federal 

Presidente defendeu que PCO mantenha páginas nas redes sociais

O presidente Jair Bolsonaro (PL) defendeu que o Partido da Causa Operária (PCO), grupo de extrema esquerda, possa manter suas páginas e publicações nas redes sociais. 

Durante evento da Associação Comercial do Rio de Janeiro (ACRJ), nesta quarta-feira (8), Bolsonaro criticou a atuação do ministro Alexandre Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), no inquérito das fake news e defendeu que os partidos e parlamentares tenham liberdade para se manifestar. 

“Ontem estive com o vice-presidente do Telegram e com o representante nacional. Eles estão sendo ameaçados de banimento pelo ministro Alexandre Moraes se não excluírem a página do PCO. O que é PCO meu Deus do céu? É ultra radical de esquerda. Deixa a página deles aberta. Porque chamaram o ministro de skinhead de toga? Olhem o que me chamam o tempo inteiro nas redes sociais. Agora, em cima disso, banir o Telegram?”, questionou o presidente. 

Inquérito das fake news 

Moraes incluiu o PCO no inquérito das fake news e determinou o bloqueio de todas as  contas da legenda nas redes sociais. O partido de extrema esquerda faz duras críticas a alguns ministros do STF e chamou Alexandre Moraes de “skinhead de toga”. Ele também fixou um prazo de cinco dias para que a Polícia Federal interrogue o presidente do PCO, Rui Costa Pimenta, por fazer postagens ofensivas sobre a Corte. 

Por meio de nota, o PCO criticou a decisão de Moraes e defendeu o direito das pessoas de terem opiniões. “A cruzada do STF contra os direitos democráticos chegou a uma nova etapa. Censuram um Partido político legal por discordar das ações de um tribunal, por considerar que seu flagrante abuso de poder é um golpe contra o regime democrático. Por defender a democracia, estamos sendo acusados de atentar contra ela”, diz a sigla.


Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido