Ouça a rádio

Compartilhe

PSDB marca reunião decisiva e pressiona MDB

Tucanos querem definir se vão apoiar a candidatura da senadora Simone Tebet 

Senadora Simone Tebet e senador Tasso Jereissati conversam no plenário

Os 34 integrantes da executiva nacional do PSDB receberam na tarde desta terça-feira, 7, a confirmação de uma reunião na quinta-feira, 9, às 11hs, para definir o futuro da sigla na disputa presidencial.

O encontro ampliou a pressão para que o MDB e a pré-candidata da legenda, Simone Tebet (MS), convençam o diretório gaúcho do partido a abrir mão da candidatura do deputado estadual Gabriel Souza ao governo.

Depois de uma longa negociação sobre os palanques regionais, o PSDB exigiu do MDB apoio ao candidato tucano no Rio Grande do Sul como contrapartida para abrir mão candidato próprio presidencial e apoiar Tebet. Ocorre que Souza se mantém como pré-candidato ao governo.

Em entrevista à CNN nesta terça-feira o parlamentar afirmou que não pretende desistir da pré-candidatura ao governo gaúcho.

A declaração foi feita após o presidente nacional do MDB, Baleia Rossi, pedir ao dirigente da legenda no Rio Grande do Sul, Fábio Branco, que se empenhe nas conversas com o PSDB para uma aliança local.

"Não pretendo abrir mão da candidatura. Não tenho nenhum tipo de plano de mudança e sigo com uma agenda de candidato", disse Souza à CNN.

O MDB gaúcho está dividido entre o grupo de Souza e a velha guarda da legenda, da qual fazem parte o ex-governador Germano Rigotto e o deputado federal Alceu Moreira.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido