Ouça a rádio

Compartilhe

Bolsonaro diz que servidores devem ficar sem reajuste salarial este ano 

Presidente cita problemas orçamentários e afirma que terá que fazer cortes em vários ministérios 

Presidente Jair Bolsonaro afirmou que servidores podem ficar sem reajuste este ano

O presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou nesta terça-feira (07) que dificilmente o funcionalismo público federal terá reajuste este ano.

Em entrevista ao SBT, Bolsonaro avaliou dificuldades enfrentadas pelo governo federal para cumprir a Lei do Teto dos Gastos. O presidente, no entanto, afirmou que já existem propostas de reajustes planejadas para 2023.

“Eu lamento. Pelo que tudo indica, não será possível dar nenhum reajuste para servidor no corrente ano. Mas já está na legislação nossa, a LOA, de que para o ano que vem teremos reajustes e reestruturações”, afirmou o presidente.

Bolsonaro analisou ainda que a cobrança de várias categorias por reajustes criou problemas para o governo, que enfrenta limitações orçamentárias.

"Nós temos um orçamento bastante pequeno. Se alguém achar, 'olha tem dinheiro sobrando', eu dou o reajuste que essa pessoa achar que tem quer dar. Por exemplo, nosso orçamento, na questão do teto, chegou uma conta extra para a gente pagar de R$ 9 bilhões. Vou ter que cortar do ministério do Transporte, da Defesa, da Saúde, da Educação .. vou ter que cortar R$ 9 bilhões. Se você der 5% linear agora, algumas categorias pedem restruturação, mas outras não admitem que a delas também não seja reestruturada. Só que não temos recursos para tal", disse.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido