Ouça a rádio

Compartilhe

Vereador de BH denuncia mensagens racistas: 'não podemos aceitar'

Marcos Crispim (PP) recebeu mensagens com ataques racistas após compartilhar foto em que aparece ao lado de Romeu Zema

Marcos Crispim (PP) denunciou ter sido alvo de racismo

O vereador de Belo Horizonte, Marcos Crispim (PP), denunciou nesta quarta-feira (1º), no plenário da Câmara Municipal, ataques racistas que sofreu após ter compartilhado uma foto em que aparecia junto do governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), e o deputado federal Marcelo Aro (PP).

Mensagens racistas foram enviadas após esta foto ter sido postada pelo vereador

"Não foram apenas comentários de liderança local, política, teve objetivo claro de me acusar e de cunho racista", afirmou.

No início da semana, ele compartilhou, em uma rede social, uma mensagem que recebeu após ter postado a imagem.

"Até que ponto os pretos inseridos na política continuarão sob a chibata dos brancos que detém o poder econômico?", diz trecho do ataque encaminhado em um aplicativo de troca de mensagens.

Mensagem com ataque racista foi enviada ao vereador pelo Whatsapp

"Não fui inserido, fui eleito. Eu estava ali, exercendo a minha profissão pela qual eu fui eleito", rebateu Crispim.

Ele ainda disse que a filha teve acesso aos ataques e que o sentimento é de "revolta".

"Não podemos aceitar esse comportamento como normal. Não é. Todos que me conhecem sabem que não sou de me vitimizar, mas eu não aceito. Hoje estava em visita no bairro e encontrei com uma mulher negra que me falou uma frase que me doeu: se fazem isso com você que é vereador, e com nós? Vou pôr pano para um tipo desse?", afirmou.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido