Ouça a rádio

Compartilhe

'Tudo certo', diz Reginaldo Lopes sobre palanque Lula-Kalil em Minas

Cotado para a vaga de candidato ao Senado, o deputado federal deve abrir mão da vaga para garantir palanque de Lula no Estado

Depois de uma reunião na tarde desta quinta-feira (19), em Belo Horizonte, representantes do PT e do PSD bateram o martelo sobre o apoio entre os pré-candidatos Luiz Inácio Lula da Silva (PT), à Presidência da República, e Alexandre Kalil (PSD), ao Governo de Minas. 

A informação foi confirmada por dois personagens com envolvimento direto na formação da chapa. De um lado, o deputado federal Reginaldo Lopes (PT), que pretendia ser candidato ao Senado por Minas Gerais, mas que deve abrir mão do desejo para dar lugar ao atual senador Alexandre Silveira (PSD). 

De outro, o deputado estadual Agostinho Patrus (PSD), presidente da Assembleia Legislativa e que era cotado para a vaga de vice de Kalil. Ainda não há confirmação sobre quem ocupará a vaga - se Reginaldo ou o deputado estadual André Quintão (PT), que lidera a oposição ao governador de Minas, Romeu Zema (Novo), no Legislativo e que foi indicado pelo próprio Kalil.

Tudo certo! @LulaOficial e @alexandrekalil juntos em Minas Gerais.

— Reginaldo Lopes 🇧🇷 (@ReginaldoLopes) May 19, 2022

"Ganham Minas e o Brasil", disse Patrus ao comentar postagem de Reginaldo.

Ganham Minas e o Brasil! https://t.co/QoPT92g3A7

— Agostinho Patrus (@agostinhopatrus) May 19, 2022

Kalil, que também estava na reunião, "entrou na onda" e compartilhou em suas redes sociais o que seria uma espécie de jingle da campanha. "Em Minas é Lula e Kalil", disse.

Em Minas é @LulaOficial e Kalil.

Fotos Lula: Ricardo Stuckert pic.twitter.com/Ny7z1MZyZt

— Alexandre Kalil (@alexandrekalil) May 19, 2022

As conversas entre PT e PSD se intensificaram desde a vinda de Lula a Belo Horizonte, na semana passada. O impasse para o apoio formal entre as duas legendas estava justamente no nome a ser indicado para o cargo de candidato ao Senado na chapa. 

Em um café da manhã em São Paulo, na última sexta-feira (13), Lula disse que "tem que fechar com Kalil" e indicou Reginaldo para coordenar a campanha no Estado. 

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido