Ouça a rádio

Compartilhe

Observatório Feminino: Diana Rogers discute a misoginia no julgamento do caso Henry Borel 

Correspondente da Itatiaia no Rio de Janeiro participa da cobertura do julgamento de Jairinho e Monique Medeiros

Diana Rogers é correspondente da Itatiaia no Rio de Janeiro

Durante a sessão de interrogatório do ex-vereador Jairinho pelo assassinato de Henry Borel, uma atitude desrespeitosa da defesa do político com a juíza Elizabeth Machado Louro acendeu debates sobre misoginia. Advogados do ex-vereador se negaram a ordem de só ficarem de pé quando estivessem com a palavra e, por isso, discutiram com a juíza por cerca de 30 minutos. A postura dos defensores foi definida como misógina por Louro.

Com participação da repórter Diana Rogers, correspondente da Itatiaia no Rio de Janeiro que participa da cobertura do julgamento de Jairinho e Monique Medeiros, o Observatório Feminino repercute o caso neste domingo (19).

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido