Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Tufão provoca terceira rajada de vento mais intensa do mundo com velocidade de 343 Km/h; veja imagens

Em 10 minutos velocidade do vento subiu para 47,6 metros por segundo

Em 10 minutos velocidade do vento subiu para 47,6 metros por segundo

Em 10 minutos velocidade do vento subiu para 47,6 metros por segundo

Jim Yang I Twitter

Um tufão que atingiu Taiwan nas últimas horas gerou a terceira mais intensa rajada de vento já registrada pela Meteorologia no mundo. O tufão, que destruiu vários pontos da ilha, teve ventos médios de 190 km/h e rajadas acima de 300 km/h. Uma estação meteorológica de Taiwan registrou uma rajada de 342,7 k/h, na ilha de Lanyu, a uma altitude de 324 metros. Veja imagens abaixo.

“Se confirmada, e o serviço meteorológico de Taiwan em informação preliminar confirma o dado, esta seria uma das mais intensas rajadas de vento já medidas em uma estação meteorológica de superfície na história mundial”, detalha MetSul Meteorologia.

“As estatísticas divulgadas pela CWA confirmaram que Lanyu observou uma rajada de 95,2 m/s na última hora, e os dados desapareceram depois que a velocidade sustentada do vento em 10 minutos subiu para 47,6 m/s. O atual MSLP em Lanyu caiu para 939hpa, o que também quebrou o recorde histórico”, detalha postagem feita no X depois da passagem do tufão.

Os registros mais fortes na história são de 407,1 k/h em Barrow Island, Austrália, durante o ciclone tropical Olivia em 1996, e uma rajada de 371,7 km/h no Monte Washington, New Hampshire, Estados Unidos, em 12 de abril de 1934.

Tufão

A passagem do tufão Koinu deixou, ao menos, uma pessoa morta nessa quinta-feira (5) ao atingir o extremo Sul de Taiwan, deixando centenas de milhares de casas sem energia. Koinu atingiu a costa no Cabo Eluanbi, no extremo Sul da ilha, e perdeu força ao entrar no Estreito de Taiwan.

As autoridades disseram que uma mulher de 84 anos morreu em casa. na cidade de Taichung, no Oeste, após ficar ferida por estilhaços de vidro. Pan Huang Kui-chun, um guardião de um templo de 68 anos no Sul do condado de Pingtung – onde passou o tufão – disse que foi “aterrorizante” ver ventos fortes derrubarem postes de energia, conforme informações da AFP.

Mudança climática

Especialistas afirmam que a mudança climática tornou mais difícil prever a trajetória das tempestades tropicais, ao mesmo tempo em que aumentaram sua intensidade, o que causa fortes chuvas, inundações e mar agitado.

Taiwan enfrenta tempestades tropicais frequentes de maio a novembro e, nesta quinta, fechou escolas, antes da chegada de Koinu. Além disso, mais de 200 voos internacionais e locais foram cancelados, enquanto quase 3.000 pessoas em regiões montanhosas foram retiradas de suas casas por precaução.

AFP
Agence France-Presse é uma agência de notícias francesa, a AFP cobre a atualidade mundial com uma qualidade única de produção multimídia em vídeos, textos, fotos e infográficos em seis línguas.
Leia mais