Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Funeral de criminoso faz aulas serem suspensa no Chile

Medida foi tomada pelas autoridades para proteger alunos de tiros que são disparados no ar nas celebrações dos enterros de criminosos

Aulas foram suspensas em Santiago, no Chile, devido a um funeral de um criminoso.

Aulas foram suspensas em Santiago, no Chile, devido a um funeral de um criminoso.

Reprodução | Freepik

O funeral de um criminoso levou as autoridades de uma comuna de Santiago, capital do Chile, a suspender nesta segunda-feira (24) as aulas nas escolas e creches devido ao risco representado pelos tiros para o ar que se tornaram comuns nesse tipo de enterro.

“Diante da contingência de segurança nas imediações (de uma escola, um colégio de adultos e dois jardins de infância), informamos que amanhã (hoje) as aulas estão suspensas nos centros de educação”, informou o governo municipal de Pedro Aguirre Cerda.

Trata-se de uma cena que tem se repetido nos últimos meses em setores populares, em meio à crise de segurança que o país vive e que mostra a incapacidade da polícia de controlar os grupos criminosos.

Nos “funerais narco” - chamados assim seja o falecido traficante de drogas ou outro tipo de criminoso -, os participantes soltam fogos de artifícios e disparam rajadas de tiros em direção ao céu em homenagem ao morto.

No início de abril, também em Pedro Aguirre Cerda, o conhecido criminoso internacional Moisés Gallardo Cornejo recebeu um “velório em ausência” no mesmo estilo após sua morte na Itália.

E em março, colégios e universidades tiveram aulas suspensas em Valparaíso por outros “funerais narco”.

“Estamos vivendo uma situação que é um verdadeiro pesadelo”, queixou-se o prefeito de Pedro Aguirre Cerda, Luis Astudillo, à CNN Chile. Em menos de um mês, na comuna, foram registrados quatro enterros de alto risco.

AFP
Agence France-Presse é uma agência de notícias francesa, a AFP cobre a atualidade mundial com uma qualidade única de produção multimídia em vídeos, textos, fotos e infográficos em seis línguas.
Leia mais