Ouça a rádio

Compartilhe

Jovem que entrou armado no Castelo de Windsor é acusado de ameaçar rainha Elizabeth II de morte

Jaswant Singh Chail, de 20 anos, está sendo processado por tentativa de "ferir ou prejudicar Sua Majestade"

Suspeito aparece armado em vídeo supostamente divulgado minutos antes de ele entrar no complexo

A polícia britânica anunciou, nesta terça-feira (2), que o homem armado com uma besta, preso no dia de Natal do ano passado, no território do Castelo de Windsor teria ameaçado a rainha Elizabeth II. A monarca estava na residência real no momento do incidente.

O jovem Jaswant Singh Chail, de 20 anos, está sendo processado no âmbito do artigo 2 da "Lei de Traição" de 1842, que pune tentativas de "ferir ou prejudicar Sua Majestade". Em comunicado, a Polícia Metropolitana anunciou o processo posse ilegal de armas, além de ameaça de morte à rainha.

Atualmente detido, Chail vai comparecer perante o Tribunal de Magistrados de Westminster, em Londres, em 17 de agosto. 

O jovem foi preso em 25 de dezembro, por volta das 8h30, momentos depois de entrar no terreno do castelo. Chail foi, então, internado em um centro psiquiátrico. A polícia não informou sobre seu estado psicológico nesta terça.

O jornal Sun publicou imagens de um vídeo supostamente divulgado na conta do Snapchat do suspeito minutos antes de ele entrar no complexo. Na gravação, o indivíduo é visto com uma besta e vestido com um suéter preto com capuz. 

Atrás de uma máscara branca, ele pode ser ouvido dizendo: "Sinto muito pelo que fiz e pelo que vou fazer. Vou tentar assassinar a rainha Elizabeth".

Nos últimos anos, Windsor se tornou a residência principal de Elizabeth II. A monarca, de 96 anos (então 95), passava o Natal lá, o primeiro desde a morte do marido Philip. Por conta do ressurgimento da covid-19, a rainha havia desistido de viajar, como de costume, para sua residência em Sandringham, no leste da Inglaterra. 

Tentativas de invadir Windsor, ou o Palácio de Buckingham, a residência habitual da rainha no coração de Londres, não são incomuns. O registro mais espetacular desse tipo ocorreu em 1982, quando um homem de 30 anos, Michael Fagan, conseguiu entrar no quarto da rainha enquanto ela estava na cama.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store