Ouça a rádio

Compartilhe

Alerta de evacuação pela erupção de um vulcão no sudoeste do Japão

Imagens mostram lava e fumaça após a explosão do vulcão Sakurajima, localizado em Kagoshima, no sudoeste do país

População é evacuada após erupção do Vulcão Sakurajima

As autoridades japonesas pediram a dezenas de pessoas que saíssem de suas casas neste domingo (24) devido à erupção de um vulcão no sudoeste do país asiático, depois que a agência meteorológica declarou alerta máximo. 

Imagens da televisão mostram lava e fumaça após a explosão do vulcão Sakurajima, localizado na província de Kagoshima, que entrou em erupção às 08h00 (horário de Brasília). O vulcão, que exala fumaça e cinzas regularmente, é uma das maiores atrações turísticas do Japão. 

A explosão deste domingo lançou cinzas a cerca de 2,5 quilômetros da cratera, disse a agência meteorológica do Japão em comunicado. Esta agência elevou o alerta de Sakurajima para o nível cinco, o máximo, que insta os habitantes a se retirar. 

Antes da erupção, o sinal de alerta estava no nível três, o que proíbe o acesso à montanha. "As áreas residenciais das cidades de Arimura e Furusato, a três quilômetros do cume do vulcão Sakurajima, devem estar em alerta máximo", disse a agência. 

Vulcão Sakurajima, no Japão, antes da erupção

De acordo com a cidade de Kagoshima, restam 77 moradores nas duas cidades. Não houve danos até agora, de acordo com o canal público NHK. 

O Japão tem dezenas de vulcões ativos e está localizado no chamado "Anel de Fogo" do Pacífico, onde se registra grande parte dos terremotos e erupções vulcânicas do mundo. Sakurajima era anteriormente uma ilha, mas devido a outras erupções agora está ligada a uma península. 

O país asiático emitiu um alerta de evacuação quando o vulcão na ilha de Kuchinoerabu, também em Kagoshima, entrou em erupção em 2015.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store