Ouça a rádio

Compartilhe

Pedro Sánchez afirma que 'mais de 500 pessoas' morreram na Espanha por onda de calor

Estimativa de mortalidade foi  realizada por um instituto de saúde pública do país 

Espanha combate incêndios florestais

A onda de calor que atinge a Espanha há dez dias provocou a morte de "mais de 500 pessoas", afirmou nesta quarta-feira o presidente do  governo, Pedro Sánchez, durante visita a uma zona afetada por um incêndio na região de Aragão (noroeste).

"Durante esta onda de calor, segundo os registros, mais de 500 pessoas faleceram como consequência das altas temperaturas", informou Sánchez, em referência a uma estimativa da mortalidade realizada por um instituto de saúde pública.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store