Ouça a rádio

Compartilhe

Mulher vende filho recém-nascido para pagar rinoplastia

Russa de 33 anos foi presa por tráfico de pessoas após vender o bebê por cerca de R$ 18,6 mil

Mulher de 33 anos foi presa por vender o filho para pagar cirurgia no nariz

Uma mulher de 33 anos foi presa na Rússia suspeita de vender o filho recém-nascido para pagar uma cirurgia plástica de rinoplastia. O bebê teria sido entregue a um casal, que também foi preso por policiais russos. A mulher foi presa por tráfico de pessoas.

Segundo autoridades locais, o valor acordado para a venda do bebê seria de 200 mil rublos, cerca de R$ 18,6 mil. Em entrevista ao jornal Daily Star, a polícia informou que o casal teria entregue o bebê após o casal depositar 10% do valor, como entrada, cinco dias após o nascimento, em 25 de abril.

Depois de o bebê passar mal e ser levado pelo casal para um hospital da região de Kaspiysk, no sul da Rússia, médicos teriam solicitado a certidão de nascimento, pela qual a mulher cobrou cerca de R$ 9,3 mil. Os valores negociados teriam sido baseados no custo de uma plástica no nariz para que a mulher pudesse "respirar melhor".

A mãe da criança e o casal foram presos após uma denúncia anônima, antes que ela recebesse o valor completo. Autoridades não informaram sobre a custódia atual do bebê, que já tem dois meses.

*Sob supervisão de Letícia Fontes

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store