Ouça a rádio

Compartilhe

Homem pede demissão e foge com R$ 1,6 milhão que empresa depositou por engano

A carta de demissão foi entregue pelo advogado do homem, que foi até a empresa e informou que ele não devolveria a quantia porque o erro não era dele

Trabalhador se manteve em silêncio até a empresa cobrar o dinheiro dele

O funcionário de uma empresa ficou milionário da noite para o dia após encontrar 281 milhões de pesos chilenos (cerca de R$ 1,6 milhão) em sua conta. Só que a quantia foi depositada por engano pela empresa que ele trabalhava, no Chile, e virou até caso de Justiça após ele pedir demissão e desaparecer com o dinheiro.

No início deste mês, o homem foi verificar o saldo da conta para receber o salário de maio e, durante a consulta, descobriu que estava milionário.

Porém, a fortuna foi colocada por engano na conta do trabalhador pelo departamento de recursos humanos da empresa, uma das maiores produtoras de frios da região. As informações são do jornal Clarín.

Inicialmente, ele fingiu que nada tinha acontecido, no entanto, quando a empresa descobriu o erro, ela cobrou o dinheiro ao trabalhador.

Comprometido em devolver a quantia, ele ficou de ir à agência bancária, porém não apareceu mais. A empresa então ligou para ele várias vezes e, quando ele resolveu atender, disse que havia adormecido.

Após sumir por vários dias, um advogado do funcionário foi à empresa e disse que o cliente não "estava convencido a devolver o dinheiro porque o erro não era dele". Em seguida, ele apresentou uma carta de demissão do homem, que desapareceu.

"Os chefes do homem ficaram indignados. A ação judicial foi instaurada e ele foi denunciado por 'apropriação indevida'", disse o Clarín.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido