Ouça a rádio

Compartilhe

Elefante que matou e invadiu funeral de idosa volta para destruir casa de vítima

Mulher de 68 anos teria sido atacada e pisoteada por um grupo de elefantes, que destruíram casas do vilarejo onde ela morava

Casas do vilarejo foram destruídas por manada de elefantes

O caso de um elefante que matou uma idosa de 68 anos e atacou o corpo da mesma mulher durante o funeral ganhou repercussão internacional nas últimas semanas. A casa onde Maya Murmu morava teria sido destruída por uma manada de elefantes na mesma data.

Segundo o portal Times of India, um grupo de animais teria entrado no vilarejo onde a mulher morava e derrubado três imóveis, além do local onde a idosa morava. Um vídeo gravado na vila de Raipai, no distrito de Mayurbhanj, mostra a destruição em uma das residências.

A idosa foi atacada e pisoteada por um grupo de elefantes enquanto coletava água. Ela foi socorrida a um hospital da região, mas não resistiu.

Durante o funeral, uma manada teria invadido o local da cerimônia, jogando o corpo da idosa pelos ares e o pisoteando. Nenhum dos presentes se feriu e, depois que os animais deixaram o lugar, a cerimônia foi concluída.

(Sob supervisão de Leticia Fontes)

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido