Ouça a rádio

Compartilhe

Opositor a Maduro, Juan Guaidó é agredido e ameaçado em restaurante na Venezuela

Guaidó disse que continuará nas ruas e responsabilizou deputados do PSUV pelo que chamou de 'emboscada'

Guaidó foi atacado dentro de restaurante na Venezuela

O ex-candidato à Presidência da Venezuela e um dos líderes da oposição no país, Juan Guaidó foi agredido e ameaçado em um restaurante na cidade de San Carlos, estado de Cojedes, a 260 km de Caracas.

Um vídeo que circulou nas redes sociais mostra o momento em que Guaidó, que estava em um restaurante, é interpelado por defensores do atual presidente Nicolas Maduro. Em um primeiro momento, ele tenta dialogar com uma pessoa mais exaltada, é empurrado por outra pessoa e forçado a sair do local junto com a equipe que o acompanhava.

Guaidó se manifestou após o episódio e disse que o ataque se tratou de uma "emboscada dirigida por deputados do PSUV", o partido de Maduro.

"A intenção da ditadura é gerar medo com seu discurso de ódio. Vamos continuar na rua, queremos reunificar o país, as famílias", afirmou.

Me pasa una amiga estas imágenes de un ataque a ⁦@jguaido⁩ en Venezuela. No necesitan comentario. pic.twitter.com/nkNPr3f4Gr

— Carmen Sastre (@Carmensastre12) June 12, 2022

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido