Ouça a rádio

Compartilhe

Nigéria confirma 40 mortes em ataque a igreja 

Massacre ocorreu na igreja de São Francisco, onde jihadistas metralharam os fiéis, incluindo crianças 

Segundo autoridades, 61 pessoas continuam internadas

O balanço das vítimas do ataque a uma igreja católica no sudoeste da Nigéria subiu para 40 mortos, incluindo muitas crianças - informaram as autoridades locais nesta quinta-feira (9).

O massacre aconteceu durante a missa matinal da igreja de São Francisco, na localidade de Owo, região onde ataques de jihadistas e outros grupos criminosos são incomuns. 

"O número de mortos agora chega a 40", declarou o governador do estado de Ondo, Arakunrin Oluwarotimi Akeredolu, acrescentando que 61 feridos ainda estão internados em diferentes estabelecimentos. 

Divulgado na terça-feira, o primeiro balanço oficial era de 22 mortos e 58 feridos. 

O governador não detalhou o número de crianças mortas e feridas, mas as autoridades de saúde contactadas pela AFP disseram que pelo menos dois menores perderam a vida, e outros 11 ficaram feridos. 

O número de vítimas pode subir, já que os pacientes internados no hospital infantil não foram contabilizados. 

Sem dar detalhes sobre a identidade dos agressores, ainda foragidos, o governador se referiu aos responsáveis por este "ataque ignóbil e satânico" como "terroristas sanguinários". 

O massacre despertou a indignação da comunidade internacional e foi condenado pela ONU e pelo papa Francisco.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido