Ouça a rádio

Compartilhe

Embaixador da Ucrânia na Turquia acusa Rússia de exportar 'trigo roubado'

Vasyl Bodnar diz que russos roubam cereais e vendem para o país de Erdogan

Imagens de satélite mostram navio russo sendo carregado em porto na Crimeia

O embaixador da Ucrânia em Ancara, na Turquia, acusou a Rússia nesta sexta-feira (3) de roubar e exportar cereais ucranianos para a Turquia.

"A Rússia rouba os cereais da Ucrânia sem nenhum pudor e os exporta da Crimeia para o exterior, inclusive para a Turquia", denunciou Vasyl Bodnar no Twitter. "Pedimos ajuda à Turquia para resolver o problema."

O representante de Kiev na Turquia analisou os prejuízos sofridos por seu país e os danos causados pelo Exército russo, 100 dias após a invasão à Ucrânia pelas tropas de Moscou.

Pouco antes da guerra, a Ucrânia estava a caminho de se tornar o terceiro maior exportador mundial de trigo e era responsável por metade do comércio mundial de sementes de girassol e óleo.

A Turquia é aliada da Ucrânia, à qual fornece drones de combate, mas tenta manter uma posição neutra em relação à Rússia, da qual depende para se abastecer de energia e grãos. Ancara se ofereceu como mediadora para garantir corredores marítimos que permitiriam a exportação de cereais ucranianos.

A Ucrânia costumava exportar mensalmente 12% do trigo, 15% do milho e 50% do óleo de girassol do mundo. O conflito, que interrompeu as exportações devido ao bloqueio da Rússia aos portos ucranianos e à presença de minas no Mar Negro, provocou um aumento dos preços nos mercados agrícolas.

A ONU teme "um furacão de fome", principalmente nos países africanos, que importavam mais da metade do seu trigo da Rússia ou da Ucrânia.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido