Ouça a rádio

Compartilhe

Passagem do furacão Agatha deixa dez mortos no México

Agatha é a primeira tempestade da temporada 2022 no Pacífico

Imagem de satélite mostra fenômeno

Dez pessoas morreram e 20 estavam desaparecidas desde que o furacão de categoria 2 Agatha tocou a terra ontem no estado mexicano de Oaxaca, embora o fenômeno tenha sido rebaixado para depressão tropical nesta terça-feira, informou o governo local.

"Neste momento, damos conta de cerca de 20 pessoas desaparecidas, a maioria delas na zona alta da montanha, ou seja, nas serras", disse o governador de Oaxaca, Alejandro Murat, à Radio Formula. "De forma preliminar, as autoridades locais nos informam que 10 pessoas perderam a vida, infelizmente."

Segundo Murat, o balanço de vítimas se deve ao transbordamento de rios e a deslizamentos de morros. "Quando Agatha tocou a terra, o dia terminou sem a perda de vidas humanas. Mas as chuvas intensas registradas na madrugada desta terça-feira fizeram com que os rios transbordassem e causaram deslizamentos de terra", havia dito o governador mais cedo.

O fenômeno tocou a terra como furacão 2 na escala Saffir-Simpson (de 5) na tarde de segunda-feira ao oeste de Puerto Ángel, uma comunidade costeira de cerca de 2.500 habitantes em Oaxaca.

Agatha se deslocava nesta terça-feira sobre o sul de Veracruz (leste), que tem costa no Golfo do México, o que provoca chuvas torrenciais nessa região e no sul do país. "O maior impacto que temos é basicamente nas estradas, mas ao meio-dia as comunicações devem ser restabelecidas", acrescentou Murat.

Autoridades localizaram cerca de 5.240 turistas na área, que abriga resorts como Puerto Escondido e Huatulco, populares entre turistas europeus e surfistas americanos. 

Agatha é a primeira tempestade da temporada 2022 no Pacífico. O México sofre todos os anos o embate de ciclones tropicais, tanto em sua costa Pacífica quanto na Atlântica, geralmente entre maio e novembro.

A temporada 2021 de furacões, de 15 de maio a 30 de novembro, foi moderadamente ativa, com 40 fenômenos. Deles, 15 foram furacões, segundo o meteorologista mexicano.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido