Ouça a rádio

Compartilhe

Lula voltará ao Estado de Minas para oficializar a aliança com Kalil

Sugestão da coordenação de campanha Lula/Kalil é que o ato seja realizado em Uberlândia

A conversa de bastidores no PT de Minas Gerais é que o ex-presidente Lula deve visitar, novamente, Minas Gerais, em breve. O petista retornará quando o nome do vice na chapa do ex-prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), pré-candidato ao Governo de Minas, já estiver definido.

Alguns petistas citaram até data e afirmaram que a visita poderia ser no dia 30 ou 31 de maio. A assessoria de imprensa do ex-presidente informou que não há data para retorno de Lula, que já esteve em Minas Gerais neste mês.

Reunião com Lula

Na próxima segunda-feira (23), o coordenador da campanha de Lula em Minas, deputado federal Reginaldo Lopes (PT) se reunirá com o ex-presidente e equipe em São Paulo e vai levar a sugestão da coordenação Lula/Kalil para que o evento seja no Triangulo Mineiro e para que a agenda seja desenhada.

Reginaldo Lopes confirmou à coluna que há previsão da realização de um ato para selar o palanque de Lula no Estado, mas que ainda não há data fechada. É a primeira vez que ele fala com a imprensa, depois da reunião que teve ontem com Kalil e Agostinho Patrus (PSD), que confirmou a aliança Lula/Kalil. Os três farão uma coordenação integrada do palanque em Minas.

Vice e Senado

O deputado federal também terá agendas em Minas na semana que vem. Em conversa com a coluna, ele disse que tem várias reuniões previstas para os próximos dias e que a definição sobre o nome do vice deve ser tomada dentro dos próximos 10 dias. Entre os encontros de articulação, será marcada uma conversa com o deputado estadual André Quintão (PT), nome sugerido por Kalil como candidato a vice-governador.

Sobre a candidatura ao Senado, Lopes afirmou que ‘minha pré-candidatura não será obstáculo para aliança em nome do Brasil e se a exigência for a desistência, está resolvido para compor o palanque do Lula em Minas". Caso não se candidate ao Senado, Lopes deixa caminho livre para Alexandre Silveira (PSD), pré-candidato ao cargo na chapa de Kalil.

Cotado também como vice, o deputado federal afirmou que disse à Kalil, na reunião da última quinta-feira (19), que “reconhece a importância da função de vice, mas prefere a interlocução Lula/ Brasil/ Brasil/Minas e tem preferência pela atuação em Brasília”.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store