Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Renato deixa futuro no Grêmio em aberto: ‘Férias prolongadas’

Treinador evitou falar sobre a qualidade do grupo e reforços para o próximo ano

Treinador tem contrato encerrando em dezembro deste ano

Treinador tem contrato encerrando em dezembro deste ano

LUCAS UEBEL / GREMIO

A goleada de 3 a 0 sofrida pelo Grêmio para o Atlético, neste domingo (26), pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro, não apenas freou o sonho do Tricolor com o título, como pode até mesmo ter consequências maiores. Após a partida, na Arena MRV, o técnico Renato Portaluppi deixou sua permanência no clube em aberto para o próximo ano. O ídolo tem contrato até dezembro de 2023.

“Quando terminar o último jogo, contra o Fluminense, todas as perguntas sobre quem vai ficar e quem vai embora, façam a eles (direção). Eu vou estar de férias. E provavelmente férias prolongadas. Minha cabeça está voltada aos três jogos que restam. Muito pode acontecer. Vamos correr atrás do título enquanto houver chances matemáticas. No mínimo, G-4. Na pior das hipóteses, G-6", disparou o treinador.

Após a derrota, o Grêmio caiu para quinto lugar na tabela, fora do G4, com 59 pontos, quatro de diferença para o líder Palmeiras, com 63. Apesar de estar mais distante do título em uma reta final acirrada de competição, o time gaúcho ainda disputará a Copa Libertadores do próximo ano, ainda que na fase de grupos.

Na entrevista, o treinador falou sobre a qualidade do grupo. Renato lembrou uma entrevista dada em maio, após um empate com o RB Bragantino, no primeiro turno. O técnico foi perguntado especialmente sobre os defensores do elenco. O time gaúcho tem a quarta pior defesa do Campeonato, com 53 gols sofridos.

“Não vou falar do ano que vem porque não sei se estarei aqui. Não vou expor meu grupo, é com este time que o Grêmio briga pelo título. É claro que sempre que a direção puder me dar reforços e eles virem para somar, eu vou achar positivo. Se cheguei com esse grupo, vou morrer com esse grupo. A gente oscilou, mas está brigando pelo título. É muito fácil apontar e falar que precisa melhorar. Quando eu disse há três ou quatro meses que o Grêmio não tinha time para ser campeão, já estava vendo isso”, destacou.

Nesta segunda-feira, o Grêmio se reapresenta no CT Luiz Carvalho, em Porto Alegre, com portões fechados. O Tricolor se prepara receber o Goiás, na Arena, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro, na próxima quinta-feira (30).

Gaúcha de Porto Alegre, Mauri Dorneles é formada em Jornalismo pela PUC-RS e trabalha como correspondente do portal Itatiaia Esporte no Sul do Brasil. Também cursou Cinema. Antes da Itatiaia, passou por Correio do Povo, Record RS, Rádio Grenal, RBS TV e Band.
Leia mais