Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Jogador banido do futebol por esquema de apostas se revolta: ‘F*** a CBF’

Lateral-direito Diego Porfírio foi punido com multa de R$ 60 mil e eliminação do futebol após confessar que recebeu R$ 50 mil para levar um cartão amarelo

Jogador Diego Porfírio em postagem no Instagram

Jogador Diego Porfírio em postagem no Instagram

Reprodução/Instagram

O lateral-direito Diego Porfírio se revoltou com o Pleno do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e xingou a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) nas redes sociais. O defensor foi banido do futebol nessa quinta-feira (29) por manipular resultados de jogos no ano de 2022, quando defendia as cores do Guarani.

“F*** a CBF e quem me julgou”, publicou o atleta no Instagram. Posteriormente, ele excluiu a foto e escreveu um texto em que agradecia o apoio recebido: “Obrigado a todos que torcem por mim. Eu amo vocês e nunca me esquecerei das mensagens e das palavras de incentivo. Deus abençoe cada um de vocês”.

“Sou um ser humano e erro, porém, não matei e nem roubei ninguém. Peço desculpa a todos que tenham sonhos. Não cometam o mesmo erro que eu. Siga firme no propósito, pois Deus cuida e realiza os sonhos de vocês. Basta ter fé e perseverança. Sou humano e tenho sonhos. Essa foi a melhor escolha da minha vida, pois só eu e minha família sabemos de tudo”, finalizou.

Diego Porfírio teve a pena agravada com multa de R$ 60 mil e eliminação do futebol após confessar que recebeu R$ 50 mil para levar um cartão amarelo e beneficiar os apostadores. Ele também teria convencido Alef Manga a se envolver com as apostas. A sessão extraordinária do Pleno do STJD foi realizada na COB Expo, em São Paulo. A reunião durou cerca de oito horas.

Veja a pena dos atletas punidos nesta quinta

  • Nino Paraíba, do Paysandu: punido com 720 dias e R$ 100 mil de multa

  • Bryan, ex-Athletico-PR: 360 dias e R$ 50 mil

  • Diego Porfírio, do Guarani: eliminação e R$ 60 mil multa

  • Alef Manga, do Coritiba: 360 dias e R$ 50 mil de multa

  • Vitor Mendes, do Atlético: 720 dias e R$ 70 mil de multa

  • Sávio Alves, ex-Goiás: 360 dias e R$ 30 mil

  • Thonny Anderson, do ABC: multa de R$ 40 mil

  • Dadá Belmonte, do América: 600 dias e R$ 70 mil de multa

  • Igor Cariús, do Sport: R$ 360 dias e R$ 40 mil

Pedro Leite é jornalista formado pela PUC Minas. Faz cobertura para o portal Itatiaia Esporte. Apaixonado por notícias de TV e Streaming. Anteriormente, passou pelo Superesportes.
Leia mais