Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Paysandu vence o Náutico com virada heroica pela Série C

Papão saiu perdendo por 2 a 0, mas reagiu após mudanças do técnico Hélio dos Anjos e venceu o Timbu neste domingo, em Belém

Paysandu e Náutico fizeram um dos melhores jogos da atual edição da Série C do Campeonato Brasileiro. Foram seis gols marcados, expulsões, uma virada e uma vitória heroica do Papão jogando diante da torcida, no Estádio da Curuzu, neste domingo, em Belém. A equipe paraense saiu perdendo o jogo por 2 a 0, mas reagiu ainda no primeiro tempo e terminou o jogo com o triunfo por 4 a 2.

O Timbu saiu na frente com dois gols de Berguinho. Ainda no calor do placar adverso, o técnico Hélio dos Anjos fez duas mudanças na equipe, que deram início a uma reação quase imediata, com gol de Ronaldo Mendes, quando acabara de entrar no jogo. A virada veio na etapa final, com Kevyn, Vinícius Leite e Roger.

O Papão, com seis jogos de invencibilidade, entrou no G8 da Série C. O Timbu, por sua vez, viu a sua invencibilidade de seis jogos chegar ao fim, com a equipe ameaçada em perder a classificação a duas rodadas para o fim da primeira fase. Foi também o quarto jogo seguido sem triunfos do Náutico.

Como fica a classificação

Com o resultado, o Paysandu alcançou os 26 pontos, alcançando a sexta posição, ultrapassando o próprio Náutico. Com 25 pontos, o Timbu caiu para a oitava colocação. A equipe alvirrubra ainda arrisca terminar a rodada fora do grupo de classificação à próxima fase da Série C.

Próximos compromissos

O Timbu volta a jogar no próximo sábado (19), quando irá até Santa Catarina visitar a equipe do Brusque. No dia seguinte, no domingo (20), será a vez do Paysandu receber o Pouso Alegre, mais uma vez em casa.

Como fica o clima no Náutico?

Para o Náutico, a partida deve deixar ainda mais tenso o clima nos Aflitos. Numa semana de forte atrito entre o técnico Fernando Marchiori e o meia Souza, a direção alvirrubra optou por manter os dois no clube, reintegrando o atleta. Entretanto, no jogo em Belém, Marchiori sacou Souza da equipe titular e só o colocou no jogo nos 39 minutos do segundo tempo. A derrota deve deixar as coisas ainda mais instáveis no grupo.

Principais lances do jogo

O técnico Fernando Marchiori surpreendeu ao iniciar o jogo com uma escalação com três zagueiro, composta com o lateral Victor Ferraz como um terceiro homem de contenção. A estratégia deu certo, com o Timbu letal nos contra-ataques.

A equipe pernambucana abriu o placar aos 10 minutos e ampliou aos 22, duas vezes com Berguinho, em lances muito parecidos, recebendo passe em profundidade, entrando em velocidade na área e batendo cruzado, no canto direito de Matheus Nogueira e abre o placar.

O Papão só conseguiu a reação após uma medida radical do técnico Hélio dos Anjos, que aos 34 minutos, fez duas alterações no time. Uma delas, a entrada de Ronaldo Mendes, que no primeiro chute a gol, de fora da área, diminuiu o marcador para o time da casa.

No segundo tempo, o jogo ganhou um cenário de ataque contra defesa, com o Paysandu em busca do empate, mas pecando no repertório, basicamente apenas alcanço bolas na área alvirrubra. Aos 10, Robinho cruzou e Kevyn cabeceou com perigo, rente à trave. De tanto tentar, o Papão chegou aos empate aos 18 minutos: cruzamento de Edílson na direita para Kevyn, desta vez, testar para as redes: 2 a 2.

O Paysandu seguiu em cima em busca da virada. E ela chegou aos 33 com um golaço. Vinícius Leite, de fora da área, acertou o ângulo de Vagner para virar a partida. Após discussão, Diego Ferreira e Mário Sérgio foram expulsos nos acréscimos. E ainda deu tempo para mais um do Papão, com Roger fechando o placar para a equipe da casa e a festa da torcida.

Paysandu 4 x 2 Náutico

Paysandu

Matheus Nogueira; Anílson (Edílson), Wanderson, Paulão (Wellington Carvalho) e Kevyn; João Vieira (Ronaldo Mendes), Geovane e Robinho; Vinícius Leite, Mário Sérgio e Nicolas Careca. Técnico: Hélio dos Anjos.

Náutico

Vagner; Victor Ferraz (Bryan), Richardson e Denilson; Diego Ferreira, Jean Mangabeira (Gabriel Santiago), Elton (Souza) e Rennan Siqueira; Berguinho, Ribamar e Paul Villero. Técnico: Fernando Marchiori.

Gols

Ronaldo Mendes (35min1T), Kevyn (28min2T), Vinícius Leite (33min2T) e Roger (48min2T), para o Paysandu; Berguinho (10 e 22min1T), para o Náutico.

Cartões vermelhos

Mário Sérgio (48min2T), para o Paysandu; Diego Ferreira (48min2T), para o Náutico.

Cartões amarelos

Paulão e Nicolas Careca, para o Paysandu; Rennan Siqueira, Vagner, para o Náutico.

Motivo: 17ª rodada da Série C do Brasileiro.
Data e horário: 13 de agosto de 2023 (domingo), às 16h (de Brasília).
Local: Estádio da Curuzu, em Belém.
Árbitro:Felipe Fernandes de Lima (MG).
Auxiliares: Celso Luiz da Silva e Assistente 2: Ricardo Junio de Souza (ambos de MG).

Jornalista, natural do Recife, é atualmente correspondente do portal Itatiaia Esporte na região Nordeste. Com mais de uma década de experiência no jornalismo esportivo, tem passagens pela Folha de Pernambuco, Diario de Pernambuco, Superesportes e NE45. Em Portugal, trabalhou por O Jogo e Sport Magazine.
Leia mais