Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Torcida do Boca Juniors enfrenta preços elevados para ver final da Libertadores

No trecho Buenos Aires - Rio de Janeiro, passagens estão com uma diferença superior a R$ 2 mil

A grande final da Copa Libertadores será disputada às 17h (horário de Brasília) do próximo dia 4 de novembro (sábado), no Maracanã, no Rio de Janeiro. Boca Juniors e Fluminense decidirão o título e, para marcar presença no confronto, os argentinos enfrentam preços elevados nas passagens aéreas.

Por conta da finalíssima, o trajeto de Buenos Aires direto para o Rio de Janeiro ficou ainda mais caro, conforme levantamento do UOL. Considerando o embarque na véspera do jogo (3) e apenas a passagem de ida, a JetSmart oferece a opção mais barata aos torcedores, no valor de R$ 4.362. Para efeito de comparação, o mesmo trajeto na semana seguinte é feito pela Gol por R$ 1.161.

Mesmo na classe econômica, outras opções para viajar rumo à capital carioca um dia antes da final da Libertadores chegam até R$ 7.647, pela British Airways. Sem a interferência do evento, o valor não ultrapassaria os R$ 5 mil.

Caso esteja disposta a enfrentar escalas em aeroportos, a fanática torcida do Boca Juniors pode encontrar passagens por valores menores, a partir de R$ 3.900, em opção ofertada por Aerolíneas Argentinas e Azul. O tempo de espera seria de quatro horas, em Porto Alegre.

Mesmo com a diferença de quase R$ 500 em relação ao vôo direto, esta também é uma alternativa com preços inflados. Se fosse fazer este mesmo caminho, com uma parada, na semana seguinte, o consumidor poderia adquirir a passagem por R$ 1.467, pela Latam.

Invasão argentina no Rio de Janeiro

Sem estadia, transporte e até mesmo ingressos, mais de 100 mil torcedores do Boca Juniors são esperados no Rio de Janeiro para a grande final da Libertadores contra o Fluminense. A informação é do jornal argentino Diário Olé.

Assim que foi decidido o duelo da final da competição mais importante da América do Sul, preços de passagens de ônibus e de avião dispararam e tudo esgotou rapidamente, assim como os hotéis. Os ingressos também acabaram de forma veloz. A torcida do Boca acabou até mesmo com os pacotes VIP da Conmebol, que variavam de 500 a 1000 dólares (175.004 a 350.008 pesos argentinos).

Porém, mesmo com todas as dificuldades, a fiel torcida do Boca promete invadir o Rio viajando 2.700 km de carro e até mesmo a pé. Os que estão sem ingressos buscarão por bares na cidade maravilhosa. Antes da final, haverá uma ‘fan zone’ feita pela Conmebol, em Copacabana, com entrada gratuita e várias atrações para ‘aquecer’ a final.

Jornalista em formação na UFMG. Apaixonado por futebol e esportes em geral.
Leia mais