Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Federação Espanhola demite Jorge Vilda, diz jornal

Treinador conquistou título da Copa do Mundo com a Espanha

A Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF) decidiu, nesta terça-feira (5), demitir Jorge Vilda, técnico da Seleção Espanhola feminina de futebol. A decisão ocorre na esteira do afastamento de Luis Rubiales, acusado de assédio após um beijo forçado em Jenni Hermoso.

A informação da demissão é do jornal Marca. A RFEF ainda não se posicionou oficialmente sobre o assunto.

Vilda, de 45 anos, trabalha com futebol feminino desde 2015. Ele foi treinador das categorias Sub-17 e Sub-19 antes de assumir a equipe adulta. Rubiales chegou a oferecer uma renovação ao treinador, mas as negociações foram travadas após a suspensão do dirigente.

No dia 25 de agosto, Rubiales realizou pronunciamento afirmando que não renunciaria ao comando da RFEF. Vilda, presente na plateia, aplaudiu a fala do dirigente. Dias depois, após repercussão negativa, se posicionou a favor das jogadoras.

Conforme o Marca, Pedro Rocha, presidente interino da RFEF, comunicou a demissão ao agora ex-treinador. Vilda encerra a passagem com o título da Copa do Mundo e 108 jogos com 75 vitórias, 16 empates e 17 derrotas.

Polêmica

A relação entre jogadoras e comissão técnica não é das melhores. Em 2022, após a eliminação nas quartas de final da Eurocopa, 15 jogadores enviaram cartas à federação dizendo que não queriam ser convocadas por causa do técnico Jorge Vilda.

As jogadoras denunciaram situações de assédio moral. Segundo a imprensa espanhola, Vilda checava o horário que as atletas iam dormir e queria controlar a rotina das atletas. A Federação, comandada por Luis Rubiales, tratou o protesto como “inaceitável”.

Apesar dos protestos, Vilda seguiu no cargo. Após o gol marcado por Olga Carmona, que confirmou o título mundial para as espanholas, as jogadoras comemoraram entre si, sem abraçar membros da comissão técnica.

Leonardo Parrela é repórter multimídia na área de esportes na Itatiaia. É formado em Jornalismo pela PUC Minas. Antes da Itatiaia, colaborou com Globo Esporte, UOL Esporte e Hoje Em Dia, onde cobriu Copa do Mundo, Olimpíada e grandes eventos.
Leia mais