Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Gabigol e Nino são denunciados e serão julgados pelo STJD por expulsão no Fla-Flu

Dupla pode ser suspensa e ficar fora da última rodada da Série A do Brasileiro; zagueiro já não deveria ir à campo no duelo com Grêmio

Gabigol e Nino foram expulsos por confusão no Fla-Flu

Gabigol e Nino foram expulsos por confusão no Fla-Flu

Reprodução

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) denunciou o atacante do Flamengo, Gabigol, e o zagueiro do Fluminense, Nino, por expulsão no clássico entre as equipes no dia 11 de novembro e que terminou empatado em 1 a 1 no Maracanã. O julgamento será na terça-feira (5) e a dupla pode ficar fora da última rodada.

No caso do defensor tricolor, se suspenso, em pouco mudaria o planejamento da comissão técnica do Flu. O capitão da equipe não deverá estar em campo no duelo contra o Grêmio, um dia depois, no Maracanã, pela última rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. A tendência é que Fernando Diniz utilize um time alternativo.

Já Gabigol pode ser importante desfalque no confronto com o São Paulo, no Morumbi. Isto porque, mesmo sendo reserva, o Flamengo ainda nutre chances de conquistar o título brasileiro, além de estar em uma briga pelo G4 da competição, que garante vaga na fase de grupos da Copa Libertadores, em 2024.

Gabigol foi enquadrado em três artigos do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD): o 250, que fala em “praticar ato desleal ou hostil durante a partida” e prevê pena de suspensão de um a três jogos; o 258, §2º, inciso II, que fala em “desrespeitar os membros da equipe de arbitragem, ou reclamar desrespeitosamente contra suas decisões” e prevê suspensão de um a seis jogos; e o 184, que fala em casos de “duas ou mais infrações, aplicam-se cumulativamente as penas”.

Já Nino foi enquadrado no mesmo artigo 250 do CBJD, que fala em “praticar ato desleal ou hostil durante a partida” e prevê pena de suspensão de um a três jogos. Ambos já cumpriram um jogo de suspensão automática pelo cartão.

Jornalista esportivo desde 2006 e com passagens por Lance!, Extra e assessorias de marketing esportivo. É correspondente da Itatiaia no Rio de Janeiro. Tem pós-graduação em Jornalismo Esportivo e formação em Análise de Desempenho voltado para mercado.
Leia mais