Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Técnico traça meta de medalhas para o boxe brasileiro no Pan de Santiago

Objetivo é superar feitos conquistados no Pan de Lima

Técnico do time brasileiro de boxe, Mateus Alves espera que o país conquiste oito medalhas nos Jogos Pan-Americanos de Santiago. Na edição de Lima, em 2019, o país conseguiu uma medalha de ouro, três de prata e duas de bronze.

Além de superar o número total de subidas ao pódio, o treinador espera que os pugilistas deixem o Chile com dois outros, um deles entre os homens.

“A gente veio com a meta arrojada que é de ao menos oito medalhas e mais de um ouro. A gente quer, principalmente, um ouro masculino. A nossa luta é esse ouro masculino que não vem desde 2007, em casa. A gente quer esse ouro fora de casa, que é muito expressivo”, disse.

A declaração do treinador foi dada após a vitória de Viviane dos Santos sobre a argentina Lorena Balbuena na categoria até 75kg. A brasileira venceu na decisão dos juízes por 5 a 0 e avançou às quartas de final.

O boxe é o esporte que mais deu medalhas para o Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Dentre os medalhistas, Abner Teixeira, e Beatriz Ferreira estão em Santiago. Keno Marley também é esperança de pódio.

Emerson Romano escreve semanalmente sobre futebol
Hugo Lobão é repórter multimídia do portal Itatiaia Esporte. É formado em Jornalismo pela PUC Minas. Antes da Itatiaia, passou por Hoje Em Dia, Record e Globo Esporte. Amante de esportes olímpicos.
Leia mais