Ouça a rádio

Compartilhe

Cuca evita lamentar empate do Atlético, elogia intensidade do time e vê duelo aberto contra Palmeiras

Galo vencia por 2 a 0, mas sofreu o empate no fim e precisará ganhar em São Paulo para avançar na Libertadores

Cuca não quis lamentar empate do Atlético com o Palmeiras, no Mineirão

O técnico Cuca não se abateu com o empate sofrido no fim para o Palmeiras, depois de o Atlético abrir 2 a 0, nesta quarta-feira, no Mineirão, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa Libertadores. O treinador enalteceu o desempenho do time alvinegro, que foi superior ao adversário na etapa inicial, e viu como natural a queda de rendimento nos minutos finais, o que proporcionou o gol da igualdade dos paulistas.

“Foi um jogo muito aprazível de se ver, um jogo com uma intensidade muito grande das duas equipes. Quando a gente fala intensidade, não significa só atacar. É uma intensidade de armação e de defesa também. O time foi muito intenso, só que você não consegue jogar 90 minutos da mesma forma, e a gente sabia disso. Fizemos uns 70 minutos dessa forma e muito bem. Depois, automaticamente, o adversário perdendo vai ter que sair e você muda a sua postura para fazer uma jogada diferente com jogadores com características diferentes. Prender mais a bola ou de velocidade como a gente tentou”, disse Cuca.

“Fizemos 1 a 0, depois 2 a 0 e tivemos chance para fazer o terceiro. Mas o Palmeiras melhorou no segundo tempo e é um time que tem muitas jogadas prontas. Está há muito tempo com o Abel, que é um grande treinador. Tem uma bola parada boa com o Gustavo Scarpa e em duas delas fizeram os gols”, completou.

O Atlético abriu o placar em cobrança de pênalti de Hulk aos 45 da etapa inicial e ampliou logo no primeiro minuto do segundo tempo em um gol contra do zagueiro Murilo. No entanto, o Palmeiras conseguiu diminuir com o próprio Murilo aos 13, após falta batida na trave de Gustavo Scarpa, e empatou com o volante Danilo, aos 47, em jogada iniciada em um escanteio.

Cuca admitiu que o Atlético perdeu a confiança após levar o primeiro gol do Palmeiras. “É natural. Quando um time faz o gol, ele pega confiança, a torcida adversária pega confiança e, automaticamente, você perde um pouco da confiança. Isso é do futebol, não tem como ser diferente. Infelizmente, não deu para ganhar hoje. Vamos ver quarta-feira que vem”, ressaltou.

Apesar do “banho de água fria” com o gol no fim, Cuca afirmou que o duelo está aberto e acredita que o Atlético tem condições de vencer em São Paulo, na próxima quarta-feira (10), para sair com a classificação às semifinais da Libertadores.

“Poderíamos ter lamentado o resultado, que foi o que fizemos lá dentro [no vestiário], mas temos que enaltecer a partida que o Atlético fez. Quarta-feira a gente vai fazer de tudo pra buscar a classificação lá dentro do Allianz Parque”, frisou. “Está aberto. Vamos ver o que acontece na semana que vem”, acrescentou.

Com o resultado, quem vencer no jogo da volta avança às semifinais da Libertadores. Novo empate por qualquer placar leva a decisão para os pênaltis.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store