Ouça a rádio

Compartilhe

Chay vê Cruzeiro como ‘oportunidade única na vida’ e exalta clube e torcida

Destaque do Botafogo na Série B do ano passado, meia-atacante se colocou à disposição do técnico Paulo Pezzolano

Chay foi emprestado pelo Botafogo ao Cruzeiro até o fim deste ano

Mais novo reforço do Cruzeiro na temporada, o meia-atacante Chay quer agarrar a nova oportunidade que tem na carreira. Sem espaço no Botafogo, o jogador chega na Raposa querendo repetir o desempenho que teve pelo clube carioca na Série B do ano passado.

Na temporada passada, Chay marcou oito gols e deu oito assistências no Botafogo na Série B de 2021 e foi o grande nome do time na campanha do acesso. Mas, em 2022, o jogador caiu de rendimento sob o comando do técnico português Luís Castro.

Chay assinou contrato de empréstimo com o Cruzeiro até o fim do ano. Mas o meia-atacante quer mostrar que pode seguir no clube celeste em 2023, provavelmente na Série A.

“Encaro esse desafio como uma oportunidade única na vida. Jogar no Cruzeiro é o sonho de qualquer jogador. Venho por empréstimo, mas meu pensamento é só no Cruzeiro e o que vai ocorrer no futuro, não depende muito de mim, mas meu pensamento é único e exclusivamente no clube”, declarou o jogador em sua apresentação oficial.

O meia-atacante falou sobre a parte física e se colocou à disposição do técnico Paulo Pezzolano. “Estou bem fisicamente, vinha trabalhando forte lá no Botafogo. Fiquei fora dos últimos jogos por estar negociando algumas coisas do meu destino, mas continuei trabalhando. Se o Pezzolano precisar, eu já estou preparado para ajudar a equipe”, afirmou.

Em relação ao estilo de jogo, Chay explicou as suas características. “Eu sou um jogador que tem a bola, conduz o jogo, entra na área, às vezes faz seus gols, mas na maioria das vezes sempre está dando suas assistências. Um jogador de intensidade é o que o torcedor pode esperar”, disse.

Chay elogiou a participação no estádio dos torcedores do Cruzeiro, que tem a segunda melhor média de público juntando as Séries A e B. “Tenho visto casa cheia sempre, a expectativa é grande para encontrar a nação azul”, finalizou.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store