Ouça a rádio

Compartilhe

‘Pela manhã, não sabíamos quem iria jogar’, diz auxiliar de Pezzolano sobre surto que atingiu Cruzeiro

Jogadores sofreram com problema gastrointestinal, após volta da viagem à Maceió

Martin Varini ao lado de Paulo Pezzolano na Toca da Raposa II

O Cruzeiro passou por apuros neste sábado, horas antes da partida contra o Bahia, em que a Raposa venceu por 1 a 0, no Mineirão, pela Série B do Campeonato Brasileiro. Após a partida, Martin Varini, auxiliar do técnico Paulo Pezzolano, revelou que não sabia qual time colocaria em campo devido ao problema gastrointestinal que atingiu mais da metade do elenco depois da viagem à Maceió, no meio da semana.

“Foi muito difícil. Hoje pela manhã, não sabíamos quem iria jogar. Jogadores que vinham sendo titulares, e que estava planejado que jogariam ou ficar no banco, não puderam entrar. Tivemos que colocar outros que estavam cansados. Mas os atletas mostraram o coração que o grupo de trabalho tem”, declarou Varini, que ficou à beira do campo neste sábado porque Pezzolano estava suspenso.

O surto tirou o zagueiro Lucas Oliveira e o meio-campista Fernando Canesin do duelo contra o Bahia. Já o goleiro Rafael Cabral se recuperou a tempo e acabou sendo o herói do Cruzeiro ao fazer grandes defesas, uma delas no último minuto do jogo.

“O Rafael Cabral fez um jogo excelente e estava com vômito e diarreia, assim como mais de 50% do elenco e a gente da comissão técnica”, comentou Varini.

O auxiliar de Pezzolano comentou sobre o desgaste do time devido à sequência de jogos que piorou com o surto. “Fisicamente, o time está sentindo porque viemos de Maceió em uma viagem de 10 horas, menos de 48 horas já estamos jogando com atletas que se sentiram mal e que não puderam estar em campo”, finalizou.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store