Ouça a rádio

Compartilhe

‘Fica nítido que se a gente não jogar no limite teremos dificuldades’, diz Brock após derrota do Cruzeiro

Raposa não jogou bem e perdeu para o Guarani, neste sábado, em Campinas, pela Série B

Eduardo Brock disse ser natural que haja oscilações no Cruzeiro, após derrota para o Guarani, em Campinas

O Cruzeiro perdeu por 1 a 0 para o Guarani, em Campinas, e completou o segundo jogo sem vencer na Série B pela primeira vez nesta temporada. Após a partida, o zagueiro Eduardo Brock lamentou o resultado e destacou que o time celeste não terá facilidade se não se doar 100% nas partidas, apesar de ser o líder disparado da competição.

“Foi um jogo com cara de Série B. Fica nítido que se a gente não jogar no limite, na nossa melhor forma, teremos dificuldades. É difícil vencer as equipes. A partir do momento que chega perto do fim do primeiro turno, as equipes já estão brigando por algo. Então, o jogo se torna mais truncado”, frisou.

Encontrando muitas dificuldades no setor ofensivo, o Cruzeiro pouco criou durante o jogo. A equipe celeste teve duas grandes chances: uma no início da partida, quando o jovem atacante Breno perdeu cara a cara com o goleiro do Guarani, e outra nos acréscimos com Vitor Leque, que acertou o travessão em uma cabeçada.

O técnico Paulo Pezzolano chegou a mudar o esquema tático durante a partida deixando de atuar com três zagueiros. Mas a alteração não funcionou.

“Hoje não conseguimos reproduzir da melhor forma o que a gente quer fazer. Ficou claro isso. Até mudamos um pouco o nosso jeito de jogar. A equipe do Guarani também soube nos marcar. Mas acontece. Eles tiveram uma oportunidade no primeiro tempo e fizeram. Nós tivemos algumas oportunidades pra concluir ao gol, mas não fomos felizes”, disse Brock.

“Faz parte, é um trabalho de construção, é natural que haja oscilações e que aconteçam resultados que não são agradáveis. Mas isso serve também pra ver que precisamos estar sempre nos 100%”, completou.

Agora, o Cruzeiro volta as para a Copa do Brasil. Na terça-feira (12), às 21h, o time celeste recebe o Fluminense, no Mineirão, pelo duelo de volta das oitavas de final. Como perdeu o primeiro jogo no Maracanã por 2 a 1, a Raposa precisará vencer por dois gols de diferença para se classificar. Vitória azul por um de vantagem leva a decisão para os pênaltis.

Pela Série B, o time celeste volta a campo no domingo (17), às 16h, contra o Novorizontino, no Mineirão, pela 18ª rodada. Brock ressaltou a necessidade de o Cruzeiro voltar a vencer na Segunda Divisão, mas também destacando o jogo decisivo contra o Fluminense.

“O próximo jogo em casa, na Série B, a gente precisa voltar a vencer. Também sabemos que precisamos virar a chave porque temos um jogo importantíssimo na terça-feira”, finalizou.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store