Ouça a rádio

Compartilhe

Everson exalta postura do Atlético em virada sobre Fortaleza: ‘Criou vergonha na cara no 2º tempo’

Após primeiro tempo ruim, Galo voltou de outra forma e marcou três gols nos 20 minutos finais

Everson vibrou bastante com virada do Atlético nos minutos finais

O Atlético obteve uma virada histórica sobre o Fortaleza, neste sábado, ao vencer por 3 a 2, após ir para o intervalo, no Mineirão, sendo derrotado por 2 a 0, no duelo válido pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time alvinegro marcou os três gols nos 20 minutos finais e levou à loucura os torcedores presentes no Gigante da Pampulha.

Ao fim da partida, o goleiro Everson destacou a atitude dos jogadores do Atlético no intervalo e afirmou que o time “criou vergonha na cara”. O camisa 22 do Galo reconheceu as dificuldades da equipe, que sofreu com os desfalques - não contou com Mariano e Nacho, suspensos, Keno lesionado, além de Hulk, com dores na sola do pé. Com desgaste, Nathan Silva, Ademir, Rubens e Vargas ficaram no banco.

“O começo foi difícil com algumas mudanças. A gente não teve tempo para trabalhar, o professor tentou colocar os melhores possíveis. No segundo tempo, a gente mudou a pegada e criou vergonha na cara. A gente falou que até poderia não virar o jogo, mas a gente tinha que ter uma atitude diferente. Então, a gente mudou de atitude, a torcida vaiou ao final do primeiro tempo, mas nos incentivou na volta pro segundo tempo”, disse.

“Somos fortes dentro de casa e conquistamos uma vitória diante de um adversário difícil. Todos falam que está na zona de rebaixamento, mas é uma equipe difícil que está na Copa do Brasil e na Libertadores. Conquistamos uma vitória importante e mostramos a força do elenco”, completou.

No intervalo, o Atlético voltou antes para o gramado. De acordo com Everson, os jogadores não precisavam corrigir nada no vestiário, só mudar a postura.

“A gente não tinha que conversar, tinha que mudar a atitude. A gente conversou no vestiário. Ficamos esperando a equipe deles por uns cinco minutos. Voltamos com uma atitude diferente, mostramos dentro de campo e conseguimos a virada pra 3 a 2”, finalizou.

Apesar da vitória heroica, o Atlético caiu para o quinto lugar, com 24 pontos, mesma pontuação de Athletico-PR (tem uma vitória a mais) e Inter (melhor saldo de gols).

Agora, o foco é a Copa Libertadores. Na terça-feira (28), às 19h15 (horário de Brasília), o Atlético enfrenta o Emelec, no Equador, pelo duelo de ida das oitavas de final.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store