Ouça a rádio

Compartilhe

Santos demite funcionário acusado de tentar manipular resultado no time feminino

Jogo em questão aconteceu nesse domingo (19), na Vila Belmiro

Partida entre Santos e Bragantino terminou empatada em 1 a 1

O presidente do Santos, Andres Rueda, revelou nesta segunda-feira (20) que demitiu um funcionário do clube acusado de tentativa de manipulação de resultado da partida entre o time feminino e o Red Bull Bragantino. O profissional havia entrado em contato com um intermediário do clube de Bragança Paulista para acionar uma jogadora da equipe e combinar um resultado elástico ainda no primeiro tempo. A partida terminou empatada em 1 a 1, no domingo, na Vila Belmiro, válida pelo Brasileiro feminino.

O profissional do clube de Bragança foi demitido, assim como o funcionário do Santos, que não teve seu nome ou cargo revelado. O Bragantino é o lanterna da competição e já está rebaixado.

"Talvez seja a cabeça do iceberg do que acontece no nosso futebol. Oficiamos a CBF e colocamos provas e prints, com uma passagem inclusive do início do jogo", disse Rueda, que mostrou preocupação com o caso.

O presidente do Santos levantou suspeita sobre outro episódio. O funcionário demitido pelo clube entregou um envelope à quarta árbitra antes da partida na presença da juíza. A quarta árbitra guardou o documento no bolso. "Eu não quero ser leviano. Aparece o envelope. Tem de ser investigado, porque é uma atitude completamente estranha: antes de o jogo começar, ir lá e entregar um envelope", comentou Rueda, que disse não saber se os fatos estão relacionados

A reportagem procurou a CBF acerca das suspeitas envolvendo o envelope entregue à profissional da arbitragem e aguarda resposta da entidade.

Em nota, o Bragantino endossou a acusação do presidente santista Andrés Rueda.

"O Red Bull Bragantino vem a público para, infelizmente, confirmar as alegações de assédio a uma das nossas jogadoras antes da partida contra o Santos, pelo Brasileirão Feminino.

A atleta da nossa equipe foi contatada, por meio de mensagens, com uma proposta de suborno para combinação de determinado resultado.

A jogadora prontamente recusou e informou aos superiores, que se certificaram em manter a lisura do jogo e encaminharam a denúncia a nossa diretoria.

Assim que cientes, tomamos todas as medidas internas, entramos em contato com o Santos para apresentar as provas do acontecido, e os dois clubes entregaram o material às autoridades competentes.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido