Ouça a rádio

Compartilhe

Entenda porque Rômulo Mendonça não narrou parte da final da NBA

Golden State Warriors derrotou o Boston Celtics por 104 a 94 em casa e está a uma vitória do título

Warriors está a uma vitória do título

Golden State Warriors e Boston Celtics se enfrentaram na noite dessa segunda-feira no Chase Center, em São Francisco, pelo jogo cinco das finais da NBA. Em quadra, Stephen Curry buscava mais uma vitória para faltar mais uma para o seu quarto título com a franquia da Califórnia, enquanto Jayson Tatum buscava liderar os Celtics para, fora de casa, dar um passo enorme para o título.

Num jogo cheio de idas e vindas, deu Warriors, mas, no Brasil, quem está acostumado com o mineiro Rômulo Mendonça narrando as finais da NBA tomou um susto no terceiro quarto. O 'pai da jararaca' e de outros bordões sumiu e o jovem Matheus Suman assumiu a narração.

Rômulo só voltou faltando pouco mais de 5 minutos para o fim do último quarto, quando a vitória dos Warriors já estava encaminhada.

Antes disso, no terceiro quarto, os Celtics conseguiram inverter a vantagem de Curry e companhia limitada e ficaram à frente. Foi a primeira vez nas finais da NBA que os Warriors, conhecidos por massacres na volta do intervalo, perderam para os Celtics no terceiro quarto. Mas Jordan Poole marcou uma cesta de três quase do meio da quadra no último segundo e deixou os Warriors na frente novamente, repetindo feito de outra vitória dos Warriors e dando moral para a recuperação nos 12 minutos finais.

No retorno de Rômulo Mendonça aos microfones, ele explicou o motivo da ausência: 'problemas técnicos' fizeram com que o 'bancário' assumisse o controle da narração do jogo cinco por quase 20 minutos de jogo, e mais de 1 hora de transmissão.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido