Ouça a rádio

Compartilhe

Cruzeiro é derrotado pelo Vasco no Maracanã e interrompe sequência de vitórias na Série B

Apesar da derrota, Raposa segue na liderança isolada

O atacante Getúlio marcou o gol da vitória do Vasco que acabou com a série positiva do Cruzeiro

Diante de mais de 63 mil pessoas no Maracanã, o Cruzeiro não conseguiu manter a sequência de vitórias na temporada e perdeu por 1 a 0 para o Vasco, neste domingo, pela 12ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O atacante Getúlio foi o autor do gol do time carioca, aos 23 minutos do primeiro tempo.

CONFIRA A TABELA DE CLASSIFICAÇÃO DA SÉRIE B DO BRASILEIRO

Com a derrota, o Cruzeiro viu ser interrompida a sequência de oito vitórias seguidas na Série B. O time celeste voltou a perder depois de quase dois meses. A última vez foi no dia 19 de abril, quando foi superado por 2 a 1 para o Remo, em Belém, pelo duelo de ida da terceira fase da Copa do Brasil.

Apesar do tropeço, o time celeste se mantém na liderança isolada, com 28 pontos, três a mais do que o Bahia (25), segundo colocado, e quatro à frente do Vasco, que ocupa a terceira posição, com 24.

Na próxima rodada, o Cruzeiro enfrenta a Ponte Preta, quinta-feira (16), às 16h, no Mineirão. O Vasco visita o Londrina no estádio do Café, sábado (18), às 16h.

O jogo

O primeiro tempo foi bastante movimentado, com as duas equipes criando oportunidades. No entanto, o Cruzeiro pecou nas finalizações e foi castigado em uma falha de Zé Ivaldo, que perdeu a bola no ataque e proporcionou um rápido contragolpe ao Vasco, que abriu o placar em peixinho do atacante Getúlio, após cruzamento de Nenê.

Depois de levar o gol, o Cruzeiro tentou equilibrar as ações e empurrou o Vasco para trás demonstrando paciência na construção das jogadas em troca de passes. Mas o time celeste esbarrava nos erros de finalização ou no goleiro Thiago Rodrigues, que pegou as poucas bolas que foram ao gol vascaíno.

Nos primeiros minutos do segundo tempo, o técnico Paulo Pezzolano colocou o Cruzeiro mais ofensivo tirando Leo Pais para a entrada de Rafa Silva. O volante Filipe Machado também entrou para formar a linha de três defensores, deslocando Geovane Jesus para a lateral-direita na vaga de Pais.

Contudo, as mudanças não surtiram efeito no Cruzeiro, que seguia encontrando dificuldades para furar a defesa carioca. O jogo caiu de rendimento e passou a ficar mais trucando.

Nos minutos finais, a partida ficou um pouco mais aberta e o Cruzeiro quase empatou em uma bomba de Filipe Machado da entrada da área que passou raspando a trave.

VASCO 1 x 0 CRUZEIRO

Vasco: Thiago Rodrigues; Gabriel Dias (Weverton), Quintero (Danilo Boza), Anderson Conceição e Edimar; Yuri Lara, Matheus Barbosa (Juninho) e Nenê (Palacios); Gabriel Pec, Figueiredo e Getúlio (Raniel). Técnico: Emílio Faro (interino)

Cruzeiro: Rafael Cabral; Zé Ivaldo, Geovane Jesus (Rafael Santos) e Oliveira; Leo Pais (Rafa Silva), Willian Oliveira, Neto Moura, Fernando Canesin (Filipe Machado) e Matheus Bidu; Jajá (Daniel Junior) e Edu. Técnico: Paulo Pezzolano

Motivo: 12ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro

Data: 12 de junho de 2022, domingo, às 16h

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

Gols: Getúlio (23’/1º)

Cartão Amarelo: Matheus Barbosa (Vasco); Geovane Jesus, Neto Moura (Cruzeiro)

Árbitro: Anderson Daronco (RS)

Auxiliares: Rafael da Silva Alves (RS) e Michael Stanislau (RS)

VAR: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (RN)

Público: 63.608 presentes / 58.659 pagantes

Renda: R$ 2.284.230,58

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido