Ouça a rádio

Compartilhe

Briga entre torcedores de Juventude e Athletico-PR termina com presos e feridos

Confusão ocorreu nas imediações do estádio Alfredo Jaconi na noite desta quarta-feira

Briga generalizada entre os torcedores de Athletico-PR e Juventude em Caxias do Sul (RS)

Uma enorme confusão tomou conta das imediações do estádio Alfredo Jaconi na noite desta quarta-feira, antes do jogo entre Juventude e Athletico-PR, com torcedores das equipes se envolvendo em grande confusão. De acordo com o Major Carvalho, comandante da operação no jogo, o saldo foram dois feridos, quatro presos e a torcida do Athletico impedida de entrar no estádio.

Os torcedores do Athletico-PR chegaram cedo ao estádio do Juventude e, após frustrada tentativa de entrada no Alfredo Jaconi, foram ao encontro dos rivais para brigar - há uma sede da Mancha Verde em rua paralela ao palco do jogo. Ambos usaram pedaços de madeira, rojões e armas brancas no confronto, que rapidamente começou a ser compartilhado nas redes sociais.

Vídeos na internet mostram os paranaenses chamando os oponentes para a briga. "Sai daí, c..., sai daí", provocavam. Quem se arriscou, acabou apanhando por estar em número mais baixo. Imagens mostram torcedores gaúchos sendo "resgatados" após levarem a pior e ficarem no chão.

Policiais foram acionados e rapidamente contiveram a confusão entre os torcedores, dispersando os paranaenses para a entrada visitante. Após longa revista, o comando de segurança local proibiu a entrada dos torcedores do Athletico-PR no Alfredo Jaconi e os colocaram nos ônibus para retornar à Curitiba.

Em nota oficial, o Juventude lamentou o ocorrido antes do confronto e culpou os torcedores do Athletico-PR pela confusão. "Lamentavelmente, alguns "torcedores" do Athletico chegaram no estádio Alfredo Jaconi buscando exclusivamente confusão, saindo do setor destinado aos visitantes, percorrendo mais de 100 metros na rua, portando foguetes, pedras e armas brancas até o local onde estava localizada a torcida do Juventude. No caminho, torcedores que chegavam ao estádio foram agredidos, carros foram danificados e o comércio se viu obrigado a fechar as portas. Conduta inaceitável e absolutamente condenável", reprovou o clube.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido