Ouça a rádio

Compartilhe

Briga entre torcedores de Juventude e Athletico-PR deixa dois feridos no RS

Segundo a polícia, athleticanos teriam tentado entrar no estádio antes da abertura dos portões, e depois começaram a briga

Confusão entre as torcidas aconteceu a poucos metros do estádio Alfredo Jaconi

Uma briga entre torcedores do Juventude e Athletico-PR deixou duas pessoas feridas na tarde desta quarta-feira (8), nas proximidades do estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS). Nesta noite, as equipes se enfrentam pela 10ª rodada da Série A do Brasileirão.

Segundo informações da polícia local, a confusão começou depois que torcedores do Furacão tentaram entrar no estádio antes da abertura dos portões. Eles teriam corrido em direção à sede de uma torcida organizada do Juventude, onde começou a briga generalizada.

Dentro do estádio, torcedores puderam ouvir gritos e barulhos de bomba. A confusão teria sido controlada após a chegada do Batalhão de Choque, mas as delegações dos dois clubes se atrasaram na chegada ao Alfredo Jaconi.

Os torcedores feridos foram levados a uma unidade de saúde em Caxias do Sul, mas não há informações sobre o estado de saúde. Quatro pessoas teriam sido presas, e os integrantes da torcida organizada do Athletico-PR foram impedidos pela polícia de entrar no estádio.

Imagens que circulam nas redes sociais mostram torcedores atirando objetos contra os rivais no meio da rua em Caxias do Sul.

🎥 Reprodução/Redes Sociais pic.twitter.com/1QCTo5Q7YB

— Itatiaia (@itatiaia) June 8, 2022

Pelo Twitter, o Juventude manifestou repúdio às cenas, que foram divulgadas nas redes sociais. Leia o comunicado na íntegra:

"Lamentavelmente, alguns “torcedores” do Athletico chegaram no estádio Alfredo Jaconi buscando exclusivamente confusão, saindo do setor destinado aos visitantes, percorrendo mais de 100 metros na rua, portando foguetes, pedras e armas brancas até o local onde estava localizada a torcida do Juventude. No caminho, torcedores que chegavam ao estádio foram agredidos, carros foram danificados e o comércio se viu obrigado a fechar as portas. Conduta inaceitável e absolutamente condenável."

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido