Ouça a rádio

Compartilhe

Goiás vence Botafogo de virada no Rio e ganha quatro posições no Brasileirão

Pedro Raul marcou os dois gols da vitória do Esmeraldino, no Engenhão

Com a vitória, Goiás subiu para a 12ª posição, com 12 pontos

Com dois gols de Pedro Raul, o Goiás venceu o Botafogo na noite desta segunda-feira, por 2 a 1, no Engenhão, no Rio, no encerramento da nona rodada do Campeonato Brasileiro.

O Botafogo, que poderia entrar no G-4 com uma vitória, chegou ao terceiro jogo sem vitória - duas derrotas e um empate - e caiu para o décimo lugar, com 12 pontos. Já o Goiás voltou a vencer, ganhou quatro posições e aparece em 12º, também com 12 pontos - perde no critério de desempate.

Apesar da empolgação dos torcedores com a nova fase do Botafogo com investimento, os jogadores deixaram o gramado sob vaias e muitas críticas, deixando o clima bem diferente do que geralmente é visto antes das partidas. ‘Time sem vergonha’ chegou a ser entoado nas arquibancadas.

O primeiro tempo teve o Botafogo com postura mais ofensiva, mas com muitas dificuldades de passar pela marcação do Goiás. Já os visitantes apostaram na cautela e nos contra-ataques para surpreender, o que de certa forma quase aconteceu em algumas finalizações.

Aos 28 minutos, por exemplo, Dadá Belmonte ficou com a sobra na entrada da área e finalizou forte à direita do goleiro Gatito Fernández. Aos 39 minutos os goianos voltaram ao ataque, quando Maguinho passou pela marcação e finalizou com a perna esquerda pela linha de fundo.

Apesar disso, foi o Botafogo que abriu o placar no final do primeiro tempo. Aos 45, Daniel Borges cobrou escanteio da direita e encontrou o zagueiro Victor Cuesta, que cabeceou bonito e acertou o canto do goleiro Tadeu.

No segundo tempo, o Goiás voltou melhor e empatou aos 28 minutos, quando Fellipe Bastos cruzou de três dedos e encontrou o centroavante Pedro Raul nas costas da defesa do Botafogo, que cabeceou sem chances de defesa para Gatito.

O empate fez o Botafogo se soltar em campo e consequentemente deixou o confronto mais aberto. Só que a defesa do Goiás seguiu levando a melhor e os visitantes chegaram à vitória aos 38 minutos, quando Vinicius puxou contra-ataque e cruzou para Pedro Raul marcar mais um, o da virada.

Em desvantagem, o Botafogo ainda tentou o empate de forma desorganizada pelo alto, mas sem sucesso, aumentando o jejum de vitórias no campeonato.

O Botafogo volta a campo na quinta-feira para enfrentar o Palmeiras, às 19 horas, no Allianz Parque, em São Paulo. Já o Goiás, no mesmo dia, mas às 20 horas, visitará o Fortaleza, na Arena Castelão, em Fortaleza.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO 1 X 2 GOIÁS

BOTAFOGO - Gatito Fernández; Daniel Borges (Saravia), Kanu, Victor Cuesta e Hugo; Luís Oyama, Tchê Tchê (Chay) e Lucas Fernandes (Patrick de Paula); Vinicius Lopes (Diego Gonçalves), Erison e Victor Sá. Técnico: Luís Castro.

GOIÁS - Tadeu; Sidimar, Reynaldo e Caetano; Maguinho, Caio (Fellipe Bastos), Elvis (Apodi depois Pedro Junqueira), Matheus Sales e Dadá Belmonte (Pedro Raul); Matheusinho (Vinicius) e Nicolas. Técnico: Jair Ventura.

GOLS - Victor Cuesta, aos 45 minutos do primeiro tempo. Pedro Raul, aos 28 e 38 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Paulo Henrique Schleich Vollkopf (MS).

CARTÕES AMARELOS - Victor Cuesta e Lucas Fernandes (Botafogo); Caio e Elvis (Goiás).

PÚBLICO - 30.954 torcedores.

RENDA - Não divulgada.

LOCAL - Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ).

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido