Ouça a rádio

Compartilhe

Na busca por Pelé, Neymar encara Japão, sua maior vítima

Camisa 10 da Seleção tem oito gols sobre o Japão em quatro jogos

Neymar marcou oito gols em quatro jogos contra o Japão

Na sua corrida em busca do posto de maior goleador da Seleção, que neste momento pertence a Pelé, com 77 gols, Neymar, que soma 73, tem na partida desta segunda-feira (6), diante do Japão, às 7h20 (de Brasília), no Estádio Nacional, em Tóquio, a chance de se aproximar do Rei do Futebol, pois os japoneses são as suas maiores vítimas.

São oito bolas na rede do Japão, o que significa que 11% dos seus gols com a camisa amarelo foram diante da seleção asiática. Outros dois pontos precisam ser destacados.

Neymar já encarou os japoneses quatro vezes, em três amistosos e um confronto pela Copa das Confederações, e marcou em todos eles.

Além disso, seu recorde de gols numa única partida foi diante do Japão. Em 14 de outubro de 2014, em amistoso disputado em Cingapura, o Brasil goleou por 4 a 0 e todos os gols foram do camisa 10 da equipe comandada por Dunga.

Histórico

O amistoso desta segunda-feira será a 11ª partida de Neymar contra um asiático com a camisa da Seleção. Nas dez partidas anteriores, foram dez vitórias com 39 gols marcados pelo Brasil, média de 3,9.

Dessas 39 bolas nas redes asiáticas da equipe canarinho com Neymar em campo, 15 foram dele, que tem uma média particular de 1,5.

Nos 5 a 1 sobre a Coreia do Sul, na última quinta-feira (2), quando o camisa 10 marcou duas vezes, ambas em cobranças de pênaltis, ele quebrou um jejum de duas partidas sem marcar diante de asiáticos, pois passou em branco nas vitórias por 2 a 0 sobre Arábia Saudita e Catar, em amistosos disputados em 2018 e 2019, respectivamente.

Nos sete primeiros jogos contra asiáticos, Neymar sempre marcou, numa série iniciada com um hat-trick diante da China, numa goleada brasileira por 8 a 0, em amistoso disputado em 10 de setembro de 2012, no Estádio do Arruda, em Recife.

Dos 15 gols diante de asiáticos pela Seleção, mais da metade, oito, foram contra o Japão. Esses números mostram que Neymar deve se aproximar ou até mesmo igualar Pelé nesta segunda-feira, sendo que para isso precisa repetir o feito de 14 de outubro de 2014, quando marcou quatro vezes sobre os japoneses.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido