Ouça a rádio

Compartilhe

Richarlison mantém artilharia da Seleção em 2022

Atacante do Everton, da Inglaterra, marcou quatro vezes nos três jogos disputados neste ano

Depois de ausência, Richarlison voltou à Seleção nos últimos três jogos e balançou a rede adversária em todos

Os 5 a 1 sobre a Coreia do Sul, nesta quinta-feira (2), em Seul, foi a quarta goleada seguida da Seleção Brasileira no ano da Copa do Catar. E neste cenário de muita bola na rede, quem tem brilhado neste aspecto na temporada é o atacante Richarlison, artilheiro do time de Tite em 2022.

Com o gol diante dos sul-coreanos, o dianteiro do Everton, da Inglaterra, chegou a quatro neste ano, tendo marcado nas últimas três partidas depois de um longo período sem vestir a amarelinha.

Por lesão e opção do treinador, Richarlison ficou de 10 de julho de 2021 a 24 de março de 2022 sem defender a Seleção Brasileira principal. Seu retorno ao time foi num 4 a 0 sobre o Chile, no Maracanã, pelas Eliminatórias, e ele balnaçou a rede de Bravo.

Depois marcou duas vezes nos 4 a 0 sobre a Bolívia, cinco dias depois, em La Paz, também pelas Eliminatórias e completou a trinca balançando a rede nos 5 a 1 desta segunda-feira sobre a Coreia do Sul.

A segunda posição na artilharia da Seleção em 2022, com três gols, é dividida entre Neymar e o meia Philippe Coutinho, que voltou a ter um bom desempenho defendendo o Aston Villa, da Ingalterra, e em 27 de janeiro voltou a defender o Brasil depois de quase um ano e quatro meses de ausência no empate por 1 a 1 com o Equador, em Quito, pelas Eliminatórias.

Juventude

Outra marca dos gols da Seleção neste ano de Copa é os garotos que passaram a integrar o time de Tite balançando a rede. Embora isso não tenha acontecido nos 5 a 1 sobre a Coreia do Sul, nesta quinta-feira, em Seul, já marcaram nesta temporada os atacantes Raphinha, Antony, Rodrygo e Vinícius Júnior além do meia Lucas Paquetá e do volante Bruno Guimarães.

O Brasil encerra os amistosos pela Ásia na próxima segunda-feira (6), quando encara o Japão, às 7h30 (de Brasília), no Estádio Nacional, em Tóquio. Antes da convocação para o Mundial do Catar serão apenas mais dois jogos, em setembro. Dia 22 encara a Argentina, no pagamento da partida pelas Eliminatórias, na Arena Corinthians, em São Paulo, que foi paralisada aos cinco minutos do primeiro tempo por causa da situação irregular de jogadores do adversário em relação aos protocolos da Covid-19. Dia 27 será disputado um amistoso ainda sem adversário definido.

A Seleção estreia na Copa do Mundo em 24 de novembro, encarando a Sérvia. Pela fase de grupos enfrenta ainda Suíça (28/11) e Camarões (2/12).

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido