Ouça a rádio

Compartilhe

Fãs compram ingressos para show do Art Popular na Feira do Mineirinho e encontram portões fechados

Dick Nascimento, parceiro da banda, explicou que o show foi remarcado para o dia 20 de agosto e garantiu que e-mails foram enviados pelo Sympla

Portões foram encontrados fechados

Quem compareceu à Feira do Mineirinho, na região da Pampulha, em Belo Horizonte, para assistir ao show do Art Popular, no último sábado (11), encontrou os portões fechados. Segundo uma mulher, de 32 anos, que comprou ingresso para a apresentação, após o ocorrido várias pessoas voltaram para casa e outras procuraram a polícia para registrar um boletim de ocorrência.

À Itatiaia, a mulher, que preferiu não revelar seu nome, enviou fotos de divulgação do evento datado para o dia 9 de abril. De acordo com ela, o show foi remarcado para o dia 11 de junho, conforme imagem abaixo. No entanto, além de não ter sido comunicada sobre o cancelamento, ela não recebeu nenhuma informação sobre o reagendamento do show.

“O show do Art Popular, que tem até um flyer no Instagram da feira do Mineirinho, foi marcado para o dia 9/4, depois foi adiado e remarcado para o dia 11/6. Até aí tudo bem, só que chegamos lá e não tinha show [...] A feira não responde, o organizador também não. Fizemos boletim de ocorrência”, disse.

De acordo com ela, que comprou um ingresso promocional de pista por R$ 33, algumas pessoas chegaram a pagar R$ 120 pela entrada. “Quando chegamos à feira, o porteiro disse que não tinha evento nenhum e os policiais que estavam próximos disseram que muita gente tinha ido e voltado para a casa”, completou.

Após o ocorrido, parte do grupo que estava no local registrou a ocorrência com a polícia. “Teve jogo do Atlético no dia. Os policiais estavam lá e viram tudo fechado [...] As pessoas que estavam na porta no horário fizeram esse ‘boletim coletivo’. Além disso, umas outras seis não quiseram esperar e foram embora por medo do jogo. Ele [o show] estava esgotado a uma semana atrás. Era um show que foi divulgado em fevereiro”, contou.

Em contato com a Polícia Militar (PM), a corporação confirmou que o boletim foi registrado e explicou que o caso foi encaminhado para a DP Noroeste.

De acordo com a PM, o grupo disse que foi comunicado sobre o adiamento do show por e-mail em abril, mas, desta vez, ninguém recebeu informações sobre o possível "novo cancelamento".

Vale lembrar que, em agenda divulgada pelo Art Popular, o grupo de pagode se apresentou no último dia 11 em Campinas, em São Paulo.

Show tem nova data

Em conversa com o empresário do Art Popular, Edgar Santos, na noite desta terça, ele explicou à reportagem que o evento havia sido adiado e que uma nova data seria marcada. Posteriormente, Dick Nascimento, responsável pela logística e parceiro do evento em BH, afirmou que o show foi remarcado para o dia 20 de agosto, mas que o Sympla – plataforma onde os ingressos foram vendidos -, enviou e-mail para os contatos cadastrados comunicando o novo adiamento.

“O show já tinha sido cancelado desde quinta ou sexta e o Sympla tinha enviado e-mail para quem comprou. Quando alguém faz a compra pra um terceiro, ele fornece o e-mail dele, o que pode ter contribuído para que outras pessoas não tivessem acesso a ele”, destacou.

Agora, o show, que não será mais na Feira do Mineirinho, deve ter o local divulgado até a próxima sexta-feira (17). Segundo Dick, a nova data apenas foi divulgada hoje porque precisava aguardar a confirmação do empresário do grupo.

“Não tínhamos acesso ao dinheiro do show. Quando você coloca em uma plataforma, você não tem acesso ao dinheiro e praticamente ninguém sabe disso”, esclareceu. Segundo ele, a quantia só é depositada 72 horas após a realização do show que, neste caso, não foi realizado.

No entanto, Luciana Saito, produtora do grupo Art Popular, procurou a reportagem e alegou que a data não havia sido fechada.

Sobre a devolução do dinheiro, cabe ao Sympla realizá-lo de acordo com a forma de pagamento que cada comprador efetuou.   

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido