Ouça a rádio

Compartilhe

Eleito em chapa 'puro-sangue' em 2018, Zema comemora alianças 4 anos depois

Governador compareceu a três convenções neste sábado (30) e garantiu apoio de Solidariedade, MDB e PP

Zema fez 'maratona' e compareceu a três convenções neste sábado (30)

Candidato à reeleição ao Governo de Minas, o governador Romeu Zema (Novo) comemorou, neste sábado (30), a construção de alianças com outros partidos em torno de sua candidatura. Zema participou de três convenções estaduais - Solidariedade, MDB e Progressistas -, que confirmaram apoio ao candidato do Novo já no primeiro turno.

A situação eleitoral de Zema em 2022 é totalmente diferente do que ele mesmo viveu há quatro anos, quando se candidatou - e foi eleito governador - em uma "chapa puro-sangue", ou seja, formada somente com candidatos de seu partido. Na ocasião, Zema tinha como vice Paulo Brant, que acabou trocando o Novo pelo PSDB após desentendimentos com a sigla, e Rodrigo Paiva como candidato ao Senado. Este último, não foi eleito.

Agora, Zema costura uma chapa mais diversa e uma coligação mais ampla para vencer o principal adversário, o ex-prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD).

Além dos três partidos que oficializaram o apoio a Zema hoje, o governador também contará, pelo menos, com o apoio do Avante e PMN.

"A eleição passada foi excepcional, inédita. Em 2018, foi a primeira vez que o partido Novo disputou cargo ao Executivo e nós fomos eleitos em um momento em que a população tinha grande restrição à classe politica, o que não acontece mais. Estávamos vivendo naquele período um pós-mensalão, vários escândalos e uma insatisfação gigantesca", analisa Zema.

Ainda de acordo com o governador, ao aceitar alianças, o partido Novo tem "aprendido a fazer política".

"Sabemos que política é caminhar juntos. Eu mesmo tenho defendido essa abertura e fico satisfeito. Significa que o partido Novo, um dos mais recentes do Brasil, tem gradativamente aprendido a fazer politica, se aproximar dos demais partidos, lembrando que temos pessoas boas em todos os partidos. Queremos levar a bandeira da política ética, transparente por toda Minas Gerais", afirmou.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store